Foto: Divulgação

O Internacional está nas oitavas de final da Libertadores da América. No sufoco, o time de Odair Hellmann derrotou o Palestino por 3 a 2, com dois gols de Paolo Guerrero e chegou aos 10 pontos. O time chileno é o vice-líder da chave, com quatro pontos.

Na próxima rodada, o Internacional visita o Alianza Lima, no Peru. O Palestino recebe o River Plate.

O confronto

Um começo de jogo avassalador. Assim podemos definir o Internacional nos primeiros 20 minutos de partida. Com velocidade pelos lados e troca de passes que envolviam a marcação, o Colorado dominava a partida e não demorou a chegar ao primeiro gol com Patrick. O volante aproveitou cruzamento rasteiro e mandou para o fundo das redes.

Diante de um adversário atordoado, o Inter manteve o ritmo e ampliou com Paolo Guerrero. Nico López recebeu na lateral, achou o camisa 9, que deu um drible seco no zagueiro e tocou na saída do goleiro, 2 a 0.

Assim como aconteceu contra o River Plate, o Internacional preferiu sentar na vantagem e perdeu o fôlego. Aos poucos, o Palestino encontrava espaços e deixava o gol maduro. Nos minutos finais, após confusão na grande área, Lomba saiu mal, Fernández carimbou a trave e na sobra estufou as redes, 2 a 1.

Logo no primeiro minuto da etapa final o Palestino empatou. Nico resolveu dar um passe de calcanhar e entregou nos pés de Rosende. O meio-campista levantou na grande área, Cuesta não cortou e Passerini não perdoou, 2 a 2.

A partir da igualdade o duelo mudou. O time chileno abusava da catimba e tirava o Internacional do sério. Quando parecia que o Palestino ganharia no psicológico, a estrela de Guerrero brilhou. D’Ale bateu escanteio, Nico López recebeu na grande área e cruzou na cabeça do peruano, que não desperdiçou, 3 a 2.

Mesmo com a vantagem, o Inter parecia nervoso dentro de campo e Guilherme Parede, um dos jogadores que entraram ao longo da etapa final, recebeu o segundo amarelo e deixou o Colorado com um a menos.

Consciente com a bola no pé, o Palestino partiu para cima e chegou perto do empate por duas vezes. Na primeira, Ahumada cabeceou sozinho na grande área e assustou Lomba. Na segunda, Jiménez recebeu na intermediária e bateu por cima do travessão.

Nos minutos finais, o time visitante apertou e rondou a grande área de Marcelo Lomba, mas o goleiro Colorado contou com o sistema defensivo, que fechou os espaços e garantiu a vitória.