COMPARTILHE
aguero-e-acusado-de-agressao-a-funcionario-do-bournemouth-Futebol-Latino-27-08
Foto: PA

Dentro de campo a partida entre Bournemouth e Manchester City pelo campeonato inglês acabou ontem (26) com a vitória por 2 a 1 dos Citizens. Mas, fora dele, ela ainda poderia ter tido desdobramentos que poderiam dar “dor de cabeça” para o atacante argentino Sergio Aguero.

Leia mais: Atacante do Bahia lamenta derrota, mas alerta para possibilidade de recuperação
Clássico paraguaio termina empatado no Defensores Del Chaco; Veja outros resultados da rodada

Isso porque, logo depois do gol do City marcado pelo inglês Raheem Sterling já nos acréscimos, a euforia dos torcedores visitantes foi tamanha que alguns deles ameaçaram invadir o gramado do Vitality Stadium, forçando uma ação mais ríspida dos seguranças que estavam no local. Pela tentativa de invasão, dois torcedores do Manchester City foram inclusive presos.

Não gostando da maneira como os seguranças estavam agindo perante a situação, Aguero começou a ter um ferrenho bate-boca com um dos funcionários que, como é possível ver nas imagens, precisou ter a intervenção do brasileiro Fernandinho para que as coisas não esquentassem ainda mais.

Na sequência do duelo, um dos empregados do clube fez questão de apresentar uma denúncia de agressão por parte de “Kun” Aguero. Entretanto, em um comunicado que foi emitido pela equipe mandante, foi informado que a acusação inicialmente apresentada contra o sul-americano de agressão foi retirada:

“O AFC Bournemouth está ciente do incidente ocorrido após o segundo gol do Manchester City no Vitality Stadium no último sábado.

O clube foi avisado que, devido a um desentendimento, um depoimento precoce de agressão foi retirado já que não houve agressão.

O AFC Bournemouth reconhece que os seguranças e a polícia estão cumprindo o seu dever em prevenir invasões ao gramado, tendo em mente a segurança dos torcedores e dos jogadores.

O clube não fará comentários posteriores sobre o tema.”