SHARE
Independiente-Alianza-Lima-Copa-Sul-Americana-Futebol-Latino-04-04
Foto: Arte Futebol Latino

Nesta terça-feira, o Independiente recebeu o Alianza Lima e empatou por 0 a 0 no jogo de ida da primeira fase da Sul-Americana. O time argentino tentou de todas as formas, mas parou em Butrón, que estava em noite inspirada e até pênalti defendeu.

Leia Mais: Chapecoense bate Atlético Nacional e abre vantagem na Recopa Sul-Americana
Na estreia da Sul-Americana, Católica vence Petrolero fora de casa

Na volta, o time argentino precisa vencer ou empatar com gols para avançar. Já os peruanos avançam com uma vitória simples. Caso o duelo termine empatado sem gol, a decisão será nos pênaltis.

O jogo

A primeira chance do Independiente veio aos 15 minutos. Após lançamento, Emiliano Rigoni deixou o zagueiro na saudade, invadiu a área e finalizou, mas parou em Butrón.

Melhor em campo, o Independiente teve um pênalti a seu favor aos 18 minutos. Na cobrança de Giglioti, o camisa 9 bateu firme no canto direito e o goleiro Butrón defendeu.

Apostando nos contra-ataques, o Alianza Lima pouco fazia dentro de campo. Com dificuldades para trocar passes no campo de ataque, o time peruano só chegava através da bola área. A primeira chance surgiu aos 26 minutos em cabeçada de Aguiar, que foi defendida por Campaña.

Aos 37 minutos mais um duelo entre Aguiar e Campaña. Em falta da entrada da área, o meia do time peruano bateu colocado e o goleiro do Independiente salvou com a ponta dos dedos.

Etapa Final

O segundo tempo nem tinha começado direito e o Independiente quase abriu o placar. Após bela jogada individual de Ezequiel Barco, a bola sobrou para Erviti quase na linha da pequena na área, que finalizou e De La Haza evitou o gol com a coxa.

A pressão inicial dos argentinos continuou a todo vapor. Em duas chances, o grito de gol ficou preso na garganta da hinchada do Independiente. A primeira foi com Giglioti que na grande área bateu para fora. Na sequência, Rigoni roubou a bola no campo de ataque, avançou e disparou um belo chute defendido por Butrón.

Incomodado com o zero que persistia no placar, Ariel Holan tirou Blanco e promoveu a entrada de Albertengo. Logo na primeira bola do atacante, ele recebeu cruzamento de Rigoni e Butrón novamente salvou o Alianza Lima.

Na casa dos 30 minutos o Independiente criou mais uma chance clara. Em tabela de Albertengo e Benítez que tinha acabado de entrar, o camisa 7 saiu na cara do goleiro e chutou para fora.

Nos minutos finais, o time da casa voltou a chegar com perigo em algumas oportunidades, mas o goleiro da equipe peruana estava em noite inspirada e conseguiu segurar o empate sem gols.

Fato Bizarro

Durante os acréscimos do confronto, o sistema de irrigação do estádio Libertadores de América ligou e tirou o técnico Ariel Holan irritadíssimo por quebrar a pressão final da sua equipe.