COMPARTILHAR
América-MG-Sport-Brasileirão-Futebol-Latino-15-04
Foto: João Guilherme/Raw Image

Tendo uma equipe visivelmente bem mais entrosada que seu oponente, o América-MG aproveitou os erros do Sport em partida no Independência para conseguir a primeira vitória no Brasileirão pelo placar de 3 a 0.

Leia mais: Franquia “turbinada” da MLS de olho em novos nomes no mercado
CSA começa com o pé direito a Série B ganhando do Goiás

O jogo mal havia começado e, precisamente aos 44 segundos, a equipe da casa abriu a conta. Depois do cruzamento vindo da esquerda, Serginho e Rafael Moura tabelaram de cabeça e, antes do goleiro Agenor cortar, Serginho tocou de cabeça para as redes.

O gol ajudou o Coelho a se soltar bastante na partida, aproveitando também a necessidade do Sport em sair mais a frente para tirar a desavantagem no placar. Tanto é que a única vez que o Leão da Ilha conseguiu realmente levar perigo foi em chute de longe de Fellipe Bastos que raspou a trave de Jory.

E, de tanto insistir, o América-MG ampliou o marcador graças a uma falha considerável de Agenor. Aos 35, em nova bola alçada na área do lado esquerdo do ataque, o goleiro do time pernambucano se chocou com o companheiro enquanto tentava encaixar a bola e, depois disso, Carlinhos bateu para a meta vazia.

Três minutos depois, os mineiros fizeram ainda mais em contra-ataque rápido que encontrou Serginho totalmente livre de marcação e o camisa 10 do América fuzilou de pé esquerdo, 3 a 0.

Com menos de cinco minutos na etapa complementar, os visitantes já haviam chegado com mais perigo do que em toda o primeiro tempo. Nas duas oportunidades, com Marlone e Andrigo, o arqueiro Jory fez defesas providenciais.

As entradas de Gabriel e Sander ajudaram o Sport a conseguir finalmente imprimir seu ritmo de jogo e colocar em problemas a defesa do Coelho que, até então, não havia realmente sido pressionada.

Depois dos 20 minutos iniciais, o ímpeto físico do Leão naturalmente diminuiu e os anfitriões conseguiram voltar a partida, reequilibrando as ações e permitindo que o Coelho frequentasse novamente o campo de ataque.

Com isso, o time verde e preto de Belo Horizonte conseguiu administrar a vantagem obtida e garantir um final de jogo vitorioso com os três primeiros pontos disputados ficando na capital mineira.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG 3 X 0 SPORT

Local: Independência, Belo Horizonte (MG)
Data-Hora: 15/4/2018 – 11 h
Árbitro: Sávio Pereira Sampaio (DF)
Auxiliares: Daniel Henrique da Silva Andrade e Ciro Chaban Junqueira (ambos do DF)
Cartões amarelos: Luan (AMÉ); Marlone, Cláudio Winck, Léo Ortiz (SPO)
Cartões vermelhos: –
Gols: Serginho (0:44 e 38’/1°T), Carlinhos (35’/1°T)

AMÉRICA-MG: Jory; Norberto, Rafael Lima, Messias e Carlinhos; Juninho, Christian (João Ricardo, aos 36’/2°T) e Serginho (Wesley, aos 40’/2°T); Luan (Gérson Magrão, aos 35’/2°T), Aylon e Rafael Moura. Técnico: Enderson Moreira.

SPORT: Agenor; Cláudio Winck (Sander, no intervalo), Ernando, Léo Ortiz e Rafael Prata; Anselmo, Fellipe Bastos (Everton Felipe, aos 23’/2°T) Ferreira (Gabriel, no intervalo) e Marlone; Andrigo e Hygor. Técnico: Nelsinho Baptista.

COMPARTILHAR
Formado em jornalismo no ano de 2012 pelo Centro Universitário FIAM, atuou em diversos segmentos da comunicação como editoras e sites de conteúdo esportivo. Foi editor e repórter do Universo dos Sports e hoje é, além de freelancer, editor do Futebol Latino e também colaborador do blog eMania.