SHARE
Foto: Twitter FIFA

A sorte está lançada na Copa do Mundo. Na tarde desta sexta-feira, as seleções latinas conheceram seus rivais na Rússia em 2018 e o Futebol Latino faz uma breve análise sobre os grupos e as possibilidades.

Uruguai

A seleção de Luis Suárez e Cavani caiu no grupo A, ao lado da anfitriã Rússia, Arábia Saudita e Egito. A principio não é nenhum bicho de sete cabeças. A Celeste é mais forte que seus rivais e luta pela primeira colocação com os russos.

Peru

Depois de 35 anos de ausência do Mundial, a seleção peruana não teve tanta sorte no chaveamento. Ao lado de França, Dinamarca e Austrália, a equipe de Ricardo Gareca não terá vida fácil no grupo C. Se levarmos em conta a força dos franceses, a tendência é que o Peru lute pela segunda vaga com a Dinamarca.

Argentina

A albiceleste está no grupo D com Islândia, Croácia e Nigéria. Mesmo sem atravessar um grande momento, a Argentina tem grandes chances de avançar. A tendência é ficar com a liderança.

Brasil e Costa Rica

O Grupo E conta com Brasil, Suíça, Costa Rica e Sérvia. Apesar de não parecer tão difícil, o estilo de jogo dos europeus pode complicar a seleção de Tite. Já a Costa Rica tenta surpreender como fez na Copa passada e luta pela segunda vaga com Suíça e Sérvia.

México

A seleção mexicana não terá vida tranquilia na primeira partida do torneio. Diante da Alemanha, o “Profe” Osorio vai reencontrar o rival que passou o trator em cima da Tri, na Copa das Confederações. Após estrear contra os campeões mundiais, os mexicanos enfrentam Suécia e Coreia do Sul.

Panamá

Pela primeira vez na Copa do Mundo, o Panamá não deu muita sorte na hora do chaveamento e caiu com a badalada seleção Belga e a tradicional Inglaterra. Entra como azarão e dificilmente vai conseguir passar avançar no torneio.

Colômbia

Por fim a Colômbia. Os Cafeteros estão na chave H ao lado da Polônia, Senegal e Japão. O grupo é muito equilibrado e a seleção de José Pékerman vai precisar de muito controle para vencer a desconfiança dos torcedores e desempenhar um bom papel no torneio.