SHARE
Foto: Fuad Landívar

*Por Mônica Alvernaz

As coisas não saíram como o planejado e o Oriente Petrolero acabou eliminado na segunda fase da pré-Liberadores pelo Jorge Wilstermann. Apesar disso, ao menos financeiramente, a equipe boliviana tem motivos para comemorar.

Leia mais: Atacante deixa o Nacional do Uruguai para atuar no Cazaquistão
Grêmio acerta com Hernane Brocador e atacante se apresenta após o carnaval

Por ter chegado à segunda fase da competição, o Oriente Petrolero faturou 750 mil dólares, que ajudará o clube na programação do ano e possíveis contratações para a temporada.

Desse valor, 250 mil foi pela classificação para a pré-Libertadores. Após conquistar vaga na segunda fase, o Oriente Petrolero foi premiado com mais 450 mil. E, por fim, 100 mil foram pagos pelo desempenho da equipe.

Caso tivesse confirmado classificação para a terceira fase da pré-Libertadores, a equipe boliviana teria embolsado mais 400 mil dólares de premiação.

A ideia da diretoria é que o valor ganho auxilie nos salários dos jogadores contratados para a temporada. Recentemente, o Oriente Petrolero anunciou Alejandro Gómez, Paulo Rosales e Jhony Cano, de fora da Bolívia.

Além deles, os bolivianos Rodrigo Banegas, Diego Zamora, Abraham Cabrera, Juan Carlos Zampiery e Daniel Mancilla devem ter parte de seus salários pagos pela premiação da Libertadores.

Fora do torneio internacional, o Oriente Petrolero concentra forças no campeonato nacional. Pelo boliviano, a equipe tem 1 vitória na única partida disputada até então e ocupa a segunda colocação do grupo A, com 3 pontos.