jogador-do-barcelona-saberia-de-alvo-pretendido-pelo-real-madrid-Futebol-Latino-19-01
Foto: David Ramos/Getty Images

O destino do meia-atacante brasileiro Philippe Coutinho tem sido cada vez mais relacionado a um futuro fora do Barcelona (Espanha) do que uma reviravolta em sua temporada de números e desempenhos bastante modestos.

Leia mais: Futebol turco pode ser o novo destino de Yerry Mina
Triunfo do Panamá contra o Brasil pode gerar lucro gigantesco aos apostadores

Dessa vez, quem repercutiu a situação do atleta sul-americano foi o portal Goal alegando que o clube culé trabalha com a ideia de negociar Coutinho por, pelo menos, 80 milhões de euros (R$ 344,1 milhões). Valor esse que já seria bem abaixo dos 120 milhões de euros (R$ 516,1 milhões) pagos ao Liverpool (Inglaterra) em 2017 para contratá-lo com larga expectativa.

Mesmo com diversas informações dando conta que voltar a Premier League seria a vontade do atleta atualmente com 26 anos de idade, existem duas correntes de pensamento que afastam essa possibilidade.

Uma delas é a de que o jogador tem, na verdade, o desejo de permanecer em Barcelona e “virar a mesa” para justificar o investimento empregado. A outra é que, como a família de Coutinho teve sérios problemas de adaptação em território inglês quando ele brilhou com a camisa dos Reds, retornar ao Reino Unido pode se tornar algo menos provável.

E, mediante a todas as análises, uma ida para o Paris Saint-Germain (França) se tornaria mais viável pelos valores que envolvem a transação e também a condição salarial necessária para seduzir o jogador brasileiro. Atualmente, os seus vencimentos no Barça estariam em torno de 2,3 milhões de euros (R$ 9,8 milhões) mensais de acordo com levantamento do jornal L’Equipe.

Além do aspecto financeiro, a questão pessoal em poder atuar com colegas também de Seleção Brasileira, casos de Thiago Silva, Marquinhos, Daniel Alves e Neymar é argumentada pelo veículo como algo que aproxima mais Coutinho da França do que da Inglaterra.