COMPARTILHE
Foto: Divulgação

Depois de 35 rodadas disputadas, o campeonato italiano pode conhecer o seu grande campeão no próximo domingo (14) se a Juventus conseguir pelo menos um ponto atuando no Estádio Olímpico diante da Roma. E quem guarda um carinho todo especial apesar do resultado adverso em sua primeira atuação no local é o atacante argentino Paulo Dybala

Leia mais: Clube turco sonha com a contratação de David Ospina
Peñarol e América de Cali negociam dois amistosos

Em entrevista concedida ao site oficial da Serie A, o jogador fala com admiração e afeto pela capital da Itália:

“Roma é uma das minhas cidades favoritas no mundo e o Estádio Olimpico foi onde fiz minha primeira partida na Itália pelo Palermo, então é um local especial para mim.” Na oportunidade, Dybala entrou aos 13 minutos da etapa complementar substituindo Fabrizio Miccoli em partida que terminou 3 a 0 para a Lazio.

A respeito da equipe romanista, o atacante de 23 anos de idade não se deixa levar pela possibilidade de empatar e, com isso, encarar o compromisso fora de casa como uma tarefa fácil:

“Nós sabemos que não será fácil. Enfrentar os gialorossi nunca é fácil porque eles tem grandes jogadores, não apenas o Francesco Totti que eu quero parabenizar se estiver próximo a ele. É verdade que precisamos apenas do empate, mas nós sempre entramos em campo para vencer.”