Guaraní-Junior-Barranquilla-Pré-Libertadores-Futebol-Latino-22-02
Foto: Arte Futebol Latino

*Por Mônica Alvernaz

Pela última vaga na fase de grupos da Libertadores, Guaraní-PAR e Junior Barranquilla duelaram forças na noite desta quarta. Sem alterar o placar, a equipe colombiana levou a melhor pela vantagem conquistada no jogo de ida e ficou com a vaga.

Leia mais: Jornalista crava queda de Antonio Carlos Zago no Juventude
Dentro de casa, El Nacional abre vantagem diante do San José

O jogo

Com a tranquilidade da vantagem, após ter vencido o primeiro jogo, o Junior Barranquilla entrou na partida trocando passes com mais tranquilidade. Em ataque de Luis Carlos Ruiz, levou perigo ao ataque com chute de fora da área.

O Guaraní respondeu aos 18 minutos com Rojas. Após cruzamento de Miguel Benítez, o camisa 2 cabeceou e viu a bola passar rente a trave do goleiro Sebastián Viera.

A melhor chance do primeiro tempo pertenceu ao Junior Barranquila. Após escanteio cobrado, Téo Gutierrez subiu e cabeceou no canto, mas parou na defesa de Centurión, que impediu o gol colombiano.

Apesar de estar jogando como visitante, o Junior Barranquilla seguiu não se intimidando e partindo pra cima do Guaraní-PAR. Em cruzamento de Yony González, Ruiz ficou em boa condição de chutar, mas acabou mandando longe da meta adversária.

Uma chance ainda mais clara foi desperdiçada por Chará. Após contra-ataque rápido, o camisa 8 ficou com a bola e chutou na saída do goleiro. Atento, Centurión conseguiu defender com os pés e evitar o gol do Barranquilla.

Depois de ter passado o jogo todo sem levar muito perigo, o Guaraní-PAR quase chegou ao gol salvador aos 43 minutos. Em cobrança perigosa de escanteio, os atacantes estavam bem posicionados, quando o goleiro Viera se antecipou e ficou com a bola.

Com o placar inalterado desde o início da partida, a última vaga na fase de grupos ficou com o Junior Barranquilla, que venceu o confronto de ida na Colômbia por 1 a 0.

A equipe colombiana integrará o grupo 8, ao lado de Palmeiras, Boca Juniors e Alianza Lima.