apos-jejum-de-torneios-continentais-america-de-cali-busca-volta-com-estilo-Futebol-Latino-07-03
Foto: Juan Mabromata/AFP

Muito mais experiente do que seu rival em torneios dessa envergadura, o três vezes vice-campeão de Libertadores América de Cali duela contra o Defensa y Justicia amanhã (8) em solo colombiano por uma vaga na próxima fase da Copa Sul-Americana.

Leia mais: Seis técnicos são cogitados para dirigir a seleção paraguaia
Larga vantagem do América e vitória norte-americana na Concachampions

A classificação seria praticamente a consagração da equipe hoje dirigida pelo uruguaio Jorge “Polilla” da Silva já que, apesar de sua tradição, o Diablo não sabe o que é jogar uma competição continental desde 2009.

Tendo ganhado por 1 a 0 na Argentina, a vantagem da equipe de Cali é bastante interessante, tendo ao seu favor qualquer empate. Já para o modesto clube de Florencio Varela, só resta ganhar por 1 a 0 visando as cobranças de pênalti ou mesmo um triunfo igual ou superior a 2 a 1 para classificar diretamente.

Apesar das dificuldades agregadas ao confronto, a recuperação dentro da Superliga Argentina pode ter sua importância visando o ânimo da equipe para a Sul-Americana. Depois da derrota para o América de Cali, foi um empate em 1 a 1 contra o Tigre e vitória contra Patronato e Atlético Tucumán, ambas por 1 x 0.