SHARE
apos-muito-tempo-defesa-titular-do-gremio-pode-reaparecer-no-brasileirao-Futebol-Latino-10-10
Foto: Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação

Entre atletas poupados, com problemas de cartão ou mesm afetados pela grande sequência de lesões que vem tendo o plantel do Grêmio, faz muito tempo que o torcedor do clube não vê pelo Brasileirão o sistema defensivo que é, hoje, considerado titular da equipe.

Leia mais: Bolívia vai por resultado inédito em se tratando de Uruguai
No G-4, Ceará foca em decisão contra o Oeste fora de casa

Há quase três meses atrás, quando o Tricolor Gaúcho empatou no Campeonato Brasileiro com o Santos em 1 a 1 pela rodada de n° 17, foi a última vez que a escalação dentro da principal competição nacional mostrou Marcelo Grohe, Edílson, Pedro Geromel, Kannemann e Cortez.

Em entrevista concedida após uma das últimas atividades da equipe antes do confronto de amanhã (11) contra o Cruzeiro em Porto Alegre, o zagueiro argentino fez questão de elogiar os atletas usados por Renato Gaúcho para suprir as ausências citadas:

“Não só nós dois. Quem jogou na zaga do Grêmio fez um trabalho bom. Bruno Rodrigo, Bressan, Thyere. Tiveram a oportunidade e fizeram bem. Vamos tentar continuar fazendo o melhor para o Grêmio.”

Porém, no que se refere a garantir tanto a sua presença como de Geromel no reencontro com a equipe que o eliminou da Copa do Brasil esse ano e que viria a ser campeã diante do Flamengo, Kannemann preferiu desconversar:

“Eu estou contente de poder jogar com ele (Geromel). Vamos tentar fazer o melhor se formos nós. O Renato ainda não revelou.”