apos-mais-de-uma-decada-ex-corinthians-deve-deixar-futebol-do-oriente-medio-Futebol-Latino-06-06
Foto: Divulgação/Al-Qadisiya

Parece que a trajetória do meia brasileiro Elton no futebol do Oriente Médio está próxima de se encerrar. Tendo chegado para atuar de maneira ininterrupta na região pelo Al Fateh (Arábia Saudita), ele passou seis temporadas no clube antes de se transferir para o também saudita Al-Qadisiya, onde está há três biênios.

Leia mais: Marcelo Gallardo completa cinco anos como técnico do River Plate
Iquique vence San Marcos outra vez e é o primeiro classificado à terceira fase da Copa Chile

Por isso e já pensando na proximidade de seus familiares no momento que decidir pendurar as chuteiras, o atleta atualmente com 33 anos de idade cogita a possibilidade de retornar ao futebol brasileiro. Entretanto, isso não significa que as chances de acertar com outro clube da Arábia estejam totalmente descartadas já que o próprio Elton afirmou existirem interessados:

“Meu contrato com o Al Quadisiya se encerrou ao fim desta atual temporada. Foi um ano muito intenso para mim dentro e fora de campo, e agradeço a todos no clube por tudo que passei lá. Agora quero descansar e curtir um pouco para tomar a melhor decisão. Ainda não sei se fico na Arábia Saudita. Alguns clubes têm interesse. Há a possibilidade de retornar ao Brasil também.”

Natural da cidade de Palmeira dos Índios, em Alagoas, Elton sabe da realidade dos clubes de seu estado com o CSA disputando a elite nacional e o CRB logo atrás no segundo escalão. Por isso, até mesmo fechar seu ciclo profissional no futebol alagoano é algo que ele não deixa como fora de questão:

“Estou há mais de dez anos no futebol árabe. É muito tempo. Estou analisando com a minha família sobre esse retorno. Seria muito bom também, não descarto a possibilidade. Quero estar em um grande projeto para jogar, ter sequência e conquistar títulos. Lógico que se aparecer a possibilidade de defender um clube do meu estado, Alagoas, seria fantástico também.”