Foto: Reprodução/Conmebol

*Por Juliano Rangel

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) divulgou, na tarde da última sexta-feira (07), a escala de arbitragem para o segundo duelo da final da Copa Sul-Americana entre Atlético Paranaense e Junior Barranquilla, que será realizado na próxima quarta-feira (12), às 21h45, na Arena da Baixada, em Curitiba.

Leia mais: Com recurso negado pela Conmebol, Boca Juniors recorre ao TAS

Lucro espanhol com titânico Superclássico chega a mais de R$ 220 milhões

O escolhido para comandar o jogo foi o árbitro chileno de 40 anos Roberto Tobar, que apitou o primeiro jogo da final da Copa Libertadores, entre Boca Juniors e River Plate, no último dia 11 de novembro, no Estádio La Bombonera, que terminou empato pelo placar de 2 a 2.

Tobar terá como assistentes os também chilenos Christian Schiemann e Claudio Rios, além do equatoriano Roddy Zambrano, que atuará como 4º árbitro.

O responsável pelo VAR será o árbitro chileno Julio Bascuñan, que terá como assistentes os também chilenos Pierro Maza e Carlos Astroza. O observador do VAR será o chileno Enrique Osses e o assessor internacional será o paraguaio Ubaldo Aquino.

No primeiro duelo da final, disputado na última quarta-feira (05), Atlético Paranaense e Junior Barranquilla ficaram no empate em 1 a 1, no Estádio Metropolitano, em Barranquilla.