Foto: AFP

Como se não bastasse tudo que envolve a fase negativa do Independiente Santa Fe, há um longo tempo sem saber o que é vitória e em penúltimo lugar na classificação do Apertura local, em jogo do Cardinal no último domingo (7) frente ao Atlético Bucaramanga, o experiente árbitro Wilmar Roldán protagonizou uma cena, no mínimo, inusitada envolvendo o VAR.

Leia mais: Ex-Corinthians, na torcida à distância, se mostra confiante por Timão na final do Paulistão
‘Vaquinha’ e cantos contra o Flamengo marcam jogo do Peñarol no Uruguai

Durante compromisso válido pela 14ª Rodada no estádio Alfonso López, o time da capital vencia como visitante, gol de Johan Arango aos 28 minutos do segundo tempo, até que, quatro minutos depois, Maximiliano Núñez fez o tento da igualdade sob protestos dos jogadores do Santa Fe alegando impedimento.

Após uma intensa onda de reclamações que impedia o recomeço do confronto que durou pouco menos de dois minutos, Roldán chegou a fazer por duas vezes o gesto de auxílio do VAR para justificar a decisão do gol. O problema é que a competição não possui o recurso do árbitro de vídeo, fazendo com que a imagem se tornasse viral nas redes sociais.

Nessa semana, Wilmar Roldán estará no comando do apito envolvendo uma equipe brasileira na Copa Libertadores. Na quarta-feira (10), ele vai dirigir a partida no estádio La Nueva Olla entre Cerro Porteño e Atlético-MG.

Confira o momento atípico da arbitragem de Wilmar Roldán e, abaixo, os gols do confronto: