Foto: Gaspar Nóbrega/COL Copa América Brasil 2019

Uma bomba caiu no colo da Conmebol nesta quinta-feira. De acordo com as informações do repórter Juan José Buscalia, a Argentina vai abrir mão de sediar a Copa América junto com a Colômbia devido aos problemas financeiros que o país atravessa.

Leia Mais: Mascherano pode rescindir o contrato na China e voltar a América do Sul
Apesar de desejo do atleta, Barça projeta venda de Philippe Coutinho

A entidade máxima do futebol sul-americano já teria recebido um comunicado da AFA abrindo mão do torneio. Com isso, o pais cafetero terá a responsabilidade de organizar sozinho a competição.

Caso seja confirmada a saída da Argentina, a Colômbia irá sediar pela segunda vez a Copa América. A primeira ocorreu em 2001, quando o país conquistou o seu único título ao bater o México na grande final.

Estados Unidos

Lembrando que, antes de aceitar a Argentina e Colômbia como sedes, os Estados Unidos apareciam como favoritos, mas a Conmebol decidiu manter o torneio em solo sul-americano.

Se a edição 2020 ainda é uma incógnita, a 2019 está mais que confirmada no Brasil e, além dos 10 países afiliados a Conmebol, Japão e Catar completam os 12 participantes.