Foto: AFP

Após garantir o Independiente nas oitavas de final da Copa Sul-Americana, o técnico Ariel Holan se reuniu com a diretoria do Rojo e encerrou o seu ciclo dentro do clube argentino.

Leia Mais: Renan Mota destaca temporada e relembra com carinho único jogo como profissional no Santos
Mundial Sub-20: Noruega massacra Honduras por 12 a 0

De acordo com a mídia argentina, a cada término de temporada, Holan e Independiente tinham o direito de romper o contrato sem o pagamento da multa. A decisão de encerrar o vínculo foi do comandante.

Na reunião, Ariel Holan explicou que estava desgastado no cargo e precisava respirar novos ares. Pelo lado do Independiente o pensamento era o mesmo já que internamente existia uma insatisfação muito grande com o treinador.

Em dois anos e meio no cargo, o auge de Holan aconteceu em 2017, quando conquistou a Copa Sul-Americana diante do Flamengo, no Maracanã.

Futuro

Com o cargo vago, a diretoria do Independiente trabalha com o nome de Sebastián Beccacece. O treinador deixou o Defensa y Justicia e está a procura de um novo trabalho.

Dentro da diretoria Roja existe o consenso que o ex-auxiliar de Jorge Sampaoli tem tudo para dar continuidade ao trabalho desenvolvido por Holan.

No segundo semestre, além da Superliga Argentina, o Independiente terá a Copa Sul-Americana no calendário. Nas oitavas de final o adversário é a Universidad Católica, do Equador.