COMPARTILHAR
arsene-wenger-credita-tecnico-do-new-york-city-a-comandar-o-arsenal-Futebol-Latino-20-04
Foto: Divulgação/New York City FC

Já é sabido em caráter oficial que o francês Arsène Wenger, ao fim de 2017/2018, interromperá sua sequência de 22 temporadas a frente do Arsenal. Fato esse que, quando comentado pelo próprio treinador, motivou a ventilação de um nome da Major League Soccer (MLS) que o europeu conheceu nos tempos de jogador.

Leia mais: Jogador inglês rasga elogios ao futebol do Liverpool sem Coutinho
Apesar do empate, clima na La U é de contentamento e confiança

Trata-se do também francês Patrick Vieira, atualmente treinador do New York City e comandado por Wenger nos tempos áureos dos Gunners com direito a título invicto da Premier League em 2003/2004 e chegar a decisão da Liga dos Campeões da Europa na mesma temporada, mas perdendo para o Barcelona a disputa do título.

Na função de comandante no banco de reservas, o atual técnico do Arsenal pontuou que gosta do que vê no trabalho de Vieira e que, mesmo atualmente trabalhando em uma equipe que pertence ao mesmo grupo administrativo que comanda o rival inglês Manchester City, vê com bons olhos a possibilidade dele dirigir o time londrino:

“Está trabalhando em Nova York e trabalha para o (Manchester) City, mas é uma pessoa que tem potencial para treinar um dia o Arsenal. Tenho seguido sua carreira como treinador e acho que está indo muito bem. Sem dúvida, há muitos ex-jogadores do Arsenal que tem potencial, o conhecimento e a inteligência para fazê-lo.”

Em três temporadas comandando o time da MLS contando com as partidas de 2018, Vieira acumula 79 partidas com 37 vitórias, 20 empates e 22 derrotas. Tanto em 2016 como em 2017, o New York City caiu nas semifinais de conferência para Toronto FC e Clumbus Crew, respectivamente.