COMPARTILHE
(Foto: Divulgação River Plate)

O futuro de Arturo Mina parece bem longe do River Plate. O zagueiro que chegou ao Monumental de Núñez após um vice-campeonato da Libertadores com o Independiente Del Valle, do Equador, não se reapresentou junto com os companheiros nesta semana e durante entrevista ao canal Tyc Sports explicou a sua situação.

Leia Mais: Rival do Manchester City na Premier League sonha com Sergio Aguero
Confira os confrontos das quartas de final da Copa Ouro

“Não fui avisado pela diretoria que precisava me reapresentar com os companheiros. Como não tive nenhum recado fiquei no Equador e espero uma decisão para resolver o meu futuro”, afirmou.

Durante o bate-papo, Mina deixou claro que o técnico Marcelo Gallardo já o dispensou e que ele não faz mais parte dos planos da equipe, que irá disputar o mata-mata da Libertadores e Copa Argentina nos próximos dias.

“Eu tive um papo esclarecedor com o treinador e ele explicou que não conta comigo. Não tenho o que fazer, mas lamento não ter tido uma sequência dentro do time titular. Acho que poderia ter rendido bem mais”, desabafou.

Nos últimos dias, o Cerro Porteño, do Paraguai, chegou a oferecer US$ 1,5 milhão por 50% do jogador, mas teve a proposta rejeitada. O Bahia também sondou o defensor, porém queria Mina por empréstimo e o River Plate também vetou a negociação.

  • Raphael

    seria um bom reforço para o Flamengo, nos livraria de vez do Rafael Vaz