COMPARTILHAR
atacante-paraguaio-tem-preferencia-em-nao-enfrentar-o-cerro-porteno-Futebol-Latino-26-05
Foto: Rodrigo Coca

Hoje o atacante Ángel Romero tem mantido regularidade na questão de ser titular além de marcar seus gols com a camisa do Corinthians. Porém, o início de sua carreira é de bastante identificação com o Cerro Porteño assim como a do seu irmão gêmeo, Óscar Romero.

Leia mais: Brasileiro exalta temporada na Grécia: “Uma das melhores da minha carreira”
Em Portugal, ex-Sport comemora temporada de aprendizado

E, em entrevista que foi dada pelo camisa 11 do Timão logo depois do jogo contra o Millonarios, ele afirmou que o seu passado faz com que ele deseje que ambos os clubes não se encontrem no sorteio das oitavas de final da Copa Libertadores.

“Pegar o Cerro Porteño seria difícil para mim porque eu me criei nesse clube, é um clube que eu respeito muito. Tomara que não pegue o Cerro Porteño agora”, pontuou o avante guaraní.

Apesar de fazer a consideração sobre o clube de Assunção, Romero reconheceu que a atual fase da competição não permite fazer escolha de adversário:

“Agora não tem rival fácil, pode ser brasileiro, argentino, chileno, paraguaio… todos são difíceis, são oitavas de final. Todos estão falando que é a Libertadores mais difícil de todos os tempos e a gente vai se preparar bem para isso.”