COMPARTILHE
Foto: Reprodução Youtube

*Danilo Moreira – Colaborador do Futebol Latino

O volante Guatemalteco Marco Pablo Pappa viveu, na última quarta-feira, o momento mais dramático da sua carreira ao ser avisado pelos adversários que a sua mãe havia sido assassinada. O fato foi transmitido ao vivo pelas TVs locais que cobriam a partida entre o Municipal, equipe de Pappa, e o Gastatoya, pela liga da Guatemala, no estádio Mateo Flores.

Leia Mais: Maxi Moralez assina vínculo por três temporadas com o New York City
Alexis Sánchez alcança marca importante na Champions League

Pappa havia acabado de entrar em campo, quando aos 10 minutos do segundo tempo tomou conhecimento da tragédia através de um jogador do time adversário. Assustado, o atleta deixou rapidamente o gramado apoiado pelo treinador uruguaio Gustavo Machain e pelos colegas que estavam no banco.

De acordo com a polícia local, a princípio a morte da senhora Anai Ponce Villena foi por causas naturais, não por assassinato como foi dito a Pappa.

O dirigente do Municipal e ex-jogador Selvyn Ponciano definiu como “um ato baixo” promovido pelos jogadores do Gastatoya, e garantiu que o Municipal está prestando todo apoio à família de Pappa.

Carreira

Marco Pablo Pappa tem 29 anos e coleciona passagens pela seleção guatemalteca, Chicago Fire, Colorado Rapids e Seattle Sounders. Volto recentemente ao Municipal, clube que o revelou para o futebol.

Confira a cena:

COMPARTILHE
A redação do site pioneiro em informações detalhadas a respeito do futebol na América Latina trabalha sempre para unir qualidade e dinamismo a um conceito moderno de jornalismo esportivo.