COMPARTILHAR
atletico-tucuman-bate-papo-com-jogadores-de-rival-historico-do-gremio-Futebol-Latino-02-10
Foto: Divulgação/Atlético Tucumán

A missão do Atlético Tucumán é bem indigesta, já que precisa ganhar por pelo menos dois gols de diferença para eliminar o Grêmio na noite dessa terça-feira (2) pelas quartas de final da Copa Libertadores.

Leia mais: Superliga Argentina: Vélez volta a ganhar e Banfield apenas empata com o San Martín
Rivais eternos na Colômbia, Millonarios e Santa Fe se reencontram na Sul-Americana

E, treinando nas instalações do arquirrival do Tricolor Gaúcho, o Internacional, o Decano ainda teve contato com jogadores argentinos do elenco do Colorado: O zagueiro Victor Cuesta e o meia D’Alessandro, um dos maiores ídolos do Inter e “persona non-grata” para os torcedores gremistas.

Quem mais esteve em contato principalmente com o treinador Ricardo Zielinski foi o meia, conversando durante um bom tempo em que, na última segunda-feira (1), os atletas do time de Tucumán faziam as últimas atividades antes do embate decisivo.

Caso o time da Argentina ganhe por 2 a 0, repetindo o placar da ida, a partida vai para as penalidades. E, como na Libertadores o gol fora de casa é critério de desempate, resultados por dois tentos de diferença de 3 a 1 adiante a favor do Atlético Tucumán é suficiente para obter a vaga.