Foto: Divulgação Atlanta United

Após os títulos da Libertadores da América e ‘Melhor Jogador do Continente’, Pity Martínez desembarcou nos Estados Unidos repleto de moral e com a expectativa de ser o principal jogador do Atlanta United, atual campeão da Major League Soccer.

Leia Mais: Rival do Flamengo, Emelec acerta com novo atacante
Árbitro que apitou a final da Copa América manda recado para Lionel Messi

Sete meses depois a história é diferente. O argentino atravessa um momento conturbado dentro do clube no último fim de semana foi exposto pelo próprio técnico na coletiva de imprensa.

Até o momento, Pity Martínez disputou 14 jogos, mas Frank De Boer o substituiu em 10, sendo que uma destas trocas aconteceu com apenas 25 minutos da etapa inicial.

Com a moral em baixa na terra do Tio Sam, o futuro do meio-campista começa a ser especulado. A torcida do River Plate sonha com a sua volta, mas isso não deve acontecer, já que o salário do atleta é considerado alto para os padrões argentinos.

A imprensa albiceleste aposta que a Europa ou até mesmo a China pode ser uma solução para Pity Martínez, mas nada de concreto. A única quase certeza é que o jogador não continua no Atlanta United para o segundo semestre.