SHARE
Foto: Marcelo Malaquias

Em duelo movimentado, Bahia e Atlético-MG empataram por 2 a 2 na Arena Fonte Nova. Os gols da partida saíram através de Robinho (2) e Edigar Junio (2). Com o placar, o Esquadrão de Aço está na nona colocação com 46 pontos. Já o time mineiro está em décimo com a mesma pontuação.

Na próxima rodada, o Bahia volta a campo contra o Santos, em Salvador. Enquanto isso, o Galo encara o Vasco, no Rio de Janeiro.

O duelo

O jogo nem bem tinha começado direito e o Galo abriu o placar. Aos 3 minutos, Valdivia arrancou em velocidade e tocou para Robinho, que dominou e mandou para o fundo das redes, 1 a 0.

O gol colocou fogo no duelo. O Bahia partiu para cima e começou a pressionar o Atlético-MG de todas as formas. Em uma das jogadas mais perigosas, Eduardo cruzou e Edigar Junio não alcançou a bola por centímetros.

No talento de Zé Rafael o Bahia voltou a chegar mais uma vez com muito perigo. O meia lançou Mendoza, que saiu na cara de Victor e chutou para fora.

Etapa Final

O começo do segundo tempo ficou marcado por um Bahia elétrico e fulminante no ataque. Em cinco minutos, o Esquadrão de Aço já tinha criado pelo menos duas chances para empatar.

Aos 7 minutos, o árbitro marcou pênalti de Bremmer em Zé Rafael. Na cobrança, Edigar Junio venceu Victor e deixou tudo igual.

A virada parecia questão de tempo e ela veio aos 18 minutos. Após cobrança de falta, a bola atravessou a grande área e caiu para Edigar Junio cabecear e colocar o Tricolor em vantagem, 2 a 1.

Quando parecia que o Bahia consolidaria o confronto com mais uma vitória apareceu a estrela de Robinho. O camisa 7 recebeu lindo passe de Luan, dominou com o peito e bateu sem chances para o goleiro, 2 a 2.

Nos minutos finais, o Bahia quase retomou a vantagem com Régis. O meia dominou no bico da grande área, chutou forte, a bola desviou no lateral Fábio Santos e saiu tirando tinta da trave.

FICHA TÉCNICA

BAHIA 2 x 2 ATLÉTICO-MG
Local: Arena Fonte Nova, Salvador (BA
Data-Hora: 12/11/2017 – 18h
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Auxiliares: Daniel Paulo Ziolli(SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP)
Público/renda: pagantes/R$
Cartões amarelos: Zé Rafael (BAH), Matheus Mancini, Valdivia, Luan (ATL)
Cartões vermelhos:
Gols: Robinho (3’/1ºT – 28’/2ºT) Edigar Junio (9’/2ºT – 18’/2ºT)

BAHIA: Jean; Eduardo, Tiago, Thiago Martins e Juninho Capixaba; Juninho, Renê Junior, Zé Rafael (Vinicius, aos 40/2ºT), Allione (Régis, aos 30/2ºT) e Mendoza; Edigar Junio. Técnico: Paulo César Carpegiani.
ATLÉTICO-MG: Victor; Bremmer, Roger Bernardo, Matheus Mancini e Fábio Santos; Yago (Marlone, aos 32/2ºT), Elias, Otero (Luan, aos 11/2ºT) e Valdivia (Gustavo Blanco, aos 16/2ºT); Robinho e Rafael Moura. Técnico: Osvaldo de Oliveira.