COMPARTILHE
Seleção-ideal-Barça-Real-El-Clasico-latinos-Futebol-Latino-01-04
Foto: Arte Futebol Latino

Neste sábado, Barcelona e Real Madrid disputaram mais um clássico no Camp Nou e empataram por 1 a 1. Os dois gols saíram no segundo tempo, com Luis Suárez aos 7 minutos e Sergio Ramos aos 45 minutos.

Leia Mais: Liga boliviana decidirá, na próxima semana, calendário para 2017
Jurguen Klopp escolhe substituto para vada de Philippe Coutinho

Como o Super Clássico Espanhol conta com inúmeros jogadores latinos, o FL acompanhou de perto o desempenho deles dentro de campo e fez uma avaliação. Confira:

Barcelona

Mascherano: O camisa 14 teve mais trabalho no começo do jogo e participou de um lance polêmico com Lucas Vázquez, onde o jogador adversário pediu pênalti. No gol do Real Madrid, o zagueiro não acompanhou Sergio Ramos e viu o adversário empatar o confronto.

Messi: Bem marcado, o camisa 10 teve poucos espaços e não brilhou como de costume. Na etapa final teve uma grande chance após passe de Iniesta, mas chutou para fora.

Neymar: Assim como todo Barcelona, o brasileiro foi apagado no primeiro tempo, mas nos 45 minutos finais chamou a responsabilidade. Foi dos pés de Neymar que saiu o gol do Barça. O camisa 11 ainda desperdiçou uma grande chance depois de driblar o zagueiro e chutar para fora quando ficou cara a cara com Navas.

Suárez: Decisivo como sempre, o atacante uruguaio apareceu no começo do segundo para balançar as redes do rival. Além da sua importância no ataque, Suárez se dedicou muito no setor ofensivo e ajudou o time.

Real Madrid

Navas: O goleiro do Real Madrid demonstrou muita segurança quando foi acionado. Não teve culpa no gol sofrido.

Marcelo: Na primeira etapa o brasileiro foi muito acionado pelos companheiros. O camisa 12 teve espaço para descer, mas não conseguiu criar muita coisa. No segundo tempo o Barcelona cresceu no jogo e ele teve que se preocupar mais com a marcação.

Casemiro: Entrou no segundo tempo quando o Real Madrid já perdia por 1 a 0 e melhorou a consistência no meio de campo merengue. Nos acréscimos, o volante salvou um gol do Barcelona ao tirar uma bola em cima da linha.