baseada-em-dados-conmebol-divulga-selecao-do-sul-americano-sub-20-Futebol-Latino-13-02
Foto: Divulgação/Conmebol

Na última terça-feira (12), a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) divulgou em suas redes sociais bem como no portal oficial da entidade uma seleção com o considerado 11 ideal do Sul-Americano Sub-20, torneio vencido no último domingo (10) pelo Equador.

Leia mais: Mesmo dos Emirados Árabes, Samuel elogia chegada de Ganso ao Flu
Nos pênaltis, Palestino bate Independiente Medellín e avança na Pré-Libertadores

A Tri, como não poderia deixar de ser, foi a equipe com o maior número de representantes nessas escolhas com quatro atletas. Vice-campeã, a Argentina ficou com apenas duas peças selecionadas.

Mesmo mediante a uma participação bastante modesta na competição onde só minimamente convenceu na última rodada, a Seleção Brasileira ainda conseguiu “encaixar” um nome na seleção, o meio-campista Marcos Antonio, do Bahia.

Para dar suporte as suas escolhas, a Conmebol informou também alguns dados de cada um dos atletas selecionados com base em informações coletadas pela empresa britânica Opta Sports.

Confira a seleção feita pela Conmebol do Sul-Americano Sub-20:

Goleiro 

Kevin Mier (Colômbia) – Maior porcentagem de defesas do torneio (88,5%), recorde de quantidade de partidas invictas no torneio (6) e menor número de gols tomados, com três;

Defensores 

Diego Palacios (Equador) – Mais roubadas de bola (37) duelos ganhos (77) e dribles (17) além de 14 faltas sofridas e 25 interceptações;

Jackson Porozo (Equador) – Mais interceptações (32), ganhou 69% de seus duelos e foi o jogador do Equador com o maior número de cortes, com 59;

Maximiliano Araujo (Uruguai) – Defensor com o maior número de chances criadas (13), faltas sofridas (20) no torneio além de 20 interceptações e 21 roubadas de bola;

Meio-campistas 

Gonzalo Prata (Equador) – Duas assistências, mais duelos ganhos (82) além do terceiro jogador com mais cortes (34) e dribles (23);

Santiago Sosa (Argentina) – Jogador recordista de cortes (34), mais passes completos (325), interceptações (22), duelos ganhos (61) e recuperações (74) pela Albiceleste;

Marcos Antonio (Brasil) – Duas assistências, recordista do torneio em passes completos (517), passes completos no campo do adversário (258) e toques na bola (716) no Sul-Americano Sub-20 além de 20 cortes;

Samuel Sosa (Venezuela) – Dois gols, duas assistências mais cruzamentos certos (13) no torneio, o terceiro que mais sofreu faltas (20) e o maior finalizador da Vinotinto com 25 tentativas.

Atacantes

Julián Álvarez (Argentina) – Um gol marcado, uma assistência, maior criador de chances na competição (22) e o argentino que acertou mais cruzamentos, sete.

Nicolás Schiappacasse (Uruguai) – Quatro gols, maior finalizador do Sul-Americano com 44 tentativas, o que mais acertou o gol (19), faltas sofridas (27), toques na bola dentro da grande área adversária (56) e pênaltis recebidos da competição, dois.

Leonardo Campana (Equador) – Artilheiro da competição com seis gols depois de 18 finalizações sendo que, em 10 delas, acertou o gol adversário.