SHARE
Bélgica-México-amistoso-internacional-Futebol-Latino-10-11
Foto: Arte Futebol Latino

No Estádio Rei Baudouin, em Bruxelas, Bélgica e México empataram por 3 a 3. O duelo serviu para mostrar o poder ofensivo das duas equipes, mas também expôs a fragilidade defensiva das duas seleções.

O jogo

O primeiro tempo foi de amplo domínio belga. Com muita velocidade no ataque e aproveitando a bagunça no sistema defensivo mexicano, Hazard, Lukaku, De Bruyne e Cia deitavam e rolavam sem nenhum incômodo.

Aos 17 minutos, Lukaku driblou o marcador e bateu cruzado. O goleiro Ochoa rebateu e Eden Hazard, livre na pequena área, mandou para o fundo das redes, 1 a 0.

Na reta final da primeira etapa o México empatou em raro lance de consciência do ataque. Após cruzamento da direita, o zagueiro derrubou Chicharito Hernández. Na cobrança do pênalti, Guardado bateu com categoria e venceu Courtois, 1 a 1.

Segundo Tempo

A etapa final continuou aberta e com a Bélgica melhor posicionada em campo. Logo aos 10, Lukaku recebeu cruzamento de Hazard e tocou de coxa para o fundo das redes, 2 a 1.

No minuto seguinte o empate mexicano. Depois de rápida jogada no ataque, Lozano encheu o pé na entrada da grande área e venceu o goleiro, 2 a 1.

O empate empolgou a seleção mexicana e Lozano, livre na grande área, aproveitou a bobeira da zaga belga e deixou a sua marca mais uma vez, 3 a 2.

Mesmo com a vantagem no placar, o México não passava a segurança que iria segurar a vitória e cedeu o empate aos 25 minutos. Em nova bobeira da zaga mexicana, a bola sobrou na grande área para Lukaku, que encheu o pé, venceu Ochoa e partiu para o abraço, 3 a 3.

Nos minutos finais o duelo ficou totalmente aberto. Em busca da vitória, a Bélgica tomava a iniciativa e buscava mais o ataque, enquanto o México apostava nos contra-ataques para retomar a vantagem no marcador.