COMPARTILHAR
Foto: Divulgação

*Equipe Odds Shark

A décima rodada do Campeonato Argentino foi emocionante! Primeiro porque o líder Boca Jrs. perdeu para o Rosario Central e deixou a Superliga em aberto. Segundo porque testemunhamos o Clássico de Avellaneda, que terminou com o triunfo do Independiente, que agora é o sexto colocado. O River Plate ainda perdeu para o Newell’s Old Boys de virada e o San Lorenzo bateu o Argentinos Jrs. para se consolidar como vice-líder. Confira o melhor do fim de semana abaixo.

Gordura queimada

O Boca Jrs. chegou a vencer os oito primeiros duelos e a disparar ao atingir 24 pontos. Bastaram duas derrotas seguidas para que esta gordura fosse praticamente toda ela queimada. Um gol de cabeça de Marco Rubén manteve os Xeneizes estacionados e a diferença para os concorrentes diminuiu. Os portenhos não conseguiram empatar mesmo tendo um homem a mais desde os 38’ da primeira etapa. Quem gostou foi o torcedor dos Millonarios que ganhou R$ 3,21 / um.

San Lorenzo busca o título

No sábado, o San Lorenzo bateu o Argentinos Jrs. por 1 a 0 (R$ 1,83 / um, segundo o Oddsshark.com) e manteve a curta distância que o separa do Boca Jrs., líder da Superliga Argentina. Nicolás Blandi anotou o único gol do jogo aos 10’ da primeira etapa. Ele foi oportunista ao aproveitar o rebote do arqueiro Lucas Chávez em cabeçada de Paulo Díaz. Apesar do revés, os Bichos Colorados foram melhores em vários momentos. Aos 3’ do segundo período Braian Romero teve a melhor chance do empate mas isolou uma cobrança de pênalti.

Boa campanha do Unión

O Unión de Santa Fé continua surpreendendo no torneio argentino. Neste fim de semana, o Tatengue bateu o Patronato por 3 a 2, gols de Diego Zabala, Francisco Soldano e Lucas Gamba. A representação de Paraná descontou com o uruguaio Sebastián Ribas (dois). Quem aplicou um real, retirou R$ 2,30, segundo o Oddsshark.com.

A maratona do Independiente

O Independiente iniciou uma maratona de quatro choques importantíssimos no último sábado ao bater o River Plate por 1 a 0. Veio a derrota diante do Libertad pela Copa Sul-Americana e, outro clássico pelo “Argentinão”. Os Vermelhos somaram mais três pontos ao passar pelo Racing por 1 a 0.

O tento foi anotado por Leandro Fernández aos 30′. Quatro minutos mais tarde, o Rei de Copas ficaria com dez homens, pois Rodrigo Moreira recebeu o segundo amarelo.

Foi uma grande frustração para o quadro alvianil, que havia uma semana antes tirado a invencibilidade do temido Boca Jrs. Do lado do Independiente, o placar serve como motivação para dar a volta por cima no torneio continental.

Agora, o Clásico de Avellaneda tem o seguinte histórico: 85 triunfos dos Diabos, contra 64 da Academia, além de 74 empates.

O apostador que previu o triunfo dos visitantes se deu muito bem, de acordo com o Oddsshark.com, pois colocou na conta corrente R$ 4,41 para cada moedinha de um real acreditada.

Com a cabeça na final da Copa

O River Plate foi bastante displicente contra o Newell’s Old Boys e aceitou passivamente a derrota para o Newell’s Old boys por 3 a 1 (R$ 6,94 / um). Os alvirrubros são o 12º, e os rubro-negros o 17º.

Os do Monumental de Núñez trataram de impor seu ritmo logo no começo da peleja. Faltou, porém criatividade para finalizar em gol. Os visitantes se limitarama arriscar alguns contragolpes e foi num deles que Sarmiento quase abriu a contagem.

No segundo tempo, Borré tocou para Martínez na cara do gol para abrir o placar aos 21’. Era merecida a vantagem do Millo. Seis minutos depois, Luis Leal cabeceou sem marcação para deixar tudo igual. A igualdade fez muito mal aos portenhos, que não conseguiram mais se achar dentro de campo e aceitaram ser envolvidos pelos de Rosario. Aos 33’, Sarmiento cobrou um pênalti para desempatar. O tiro de misericórdia foi fado por Fértoli, numa jogada que começou no lançamento do goleiro Pocrnjic.

A federação agendou a final da Copa Argentina entre River Plate e Atlético Tucumán, para o dia 09, em Mendoza.

Leia mais em Futebol Latino.

10ª Rodada:

Sexta-feira, 24 de novembro:

Banfield 0x1Defensa y Justicia (R$ 2,59)

Chacarita Jrs. 0x2Huracán (R$ 2,38)

Colón3×1 Tigre (R$ 2,02)

Sábado, 25 de novembro:

Belgrano2×0 Gimnásia y Esgrima La Plata (R$ 2,21)

Patronato 2×3Unión de Santa Fé (R$ 2,30)

San Lorenzo1×0 Argentinos Jrs. (R$ 1,83)

Racing 0x1Independiente (R$ 4,41)

Domingo, 26 de novembro:

Estudiantes1×0 Atlético Tucumán (R$ 1,92)

River Plate 1×3Newell’s Old Boys (R$ 6,94)

Rosario Central1×0 Boca Jrs. (R$ 3,21)

Segunda-feira, 27 de novembro:

18h00: (R$ 4,00) Arsenal x Talleres (R$ 2,04) (Empate R$ 3,08)

20h15: (R$ 1,87) Vélez Sarsfield x Olimpo (R$ 4,57) (Empate R$ 3,22)

22h30: (R$ 2,74) Temperley x San Martín San Juan (R$ 2,77) (Empate R$ 2,94)

Classificação:

1º Boca Jrs. – 24 – Campeão + Taça Libertadores 2019 + Supercopa 2018.

2º San Lorenzo – 21- Taça Libertadores 2019 (fase de grupos).

3º Unión de Santa Fé – 21 – Taça Libertadores 2019 (fase de grupos).

4º Huracán – 20 – Taça Libertadores 2019 (fase de grupos).

5º Colón – 20 – Taça Libertadores 2019 (fase preliminar).

6º Independiente – 18 – Copa Sul-Americana 2019.

7º Godoy Cruz – 17 – Copa Sul-Americana 2019.

8º Belgrano – 16 – Copa Sul-Americana 2019.

9º Talleres – 15 – Copa Sul-Americana 2019.

10º Banfield – 15 – Copa Sul-Americana 2019.

11º Defensa y Justicia – 15 – Copa Sul-Americana 2019.

12º River Plate – 15

13º San Martin San Juan – 14

14º Estudiantes – 14

15º Argentinos Jrs. – 13

16º Atlético Tucumán – 13

17º Newell’s Old Boys – 12

18º Racing – 12

19º Lanús – 12

20º Patronato – 11

21º Gimnásia y Esgrima La Plata – 10

22º Rosario Central – 10

23º Vélez Sarsfield – 10

24º Tigre – 8

25º Chacarita Jrs. – 6 – Primera B Nacional.

26º Olimpo – 6 – Primera B Nacional.

27º Arsenal – 5 – Primera B Nacional.

28º Temperley – 5 – Primera B Nacional.