SHARE
Foto: Clarin

*Equipe Odds Shark

O Boca Jrs. cozinhou o jogo contra o Patronato e o definiu quando quis. Parecia um treino contra um adversário bastante inferior. A vitória por 2 a 0 manteve os cem por cento de invencibilidade dos Xeneizes, que já marcaram quinze gols em seis embates e concederam apenas um. Com seis pontos de vantagem para River Plate, San Lorenzo, Colón e Lanús, já começa a ficar difícil alcançá-lo.

Leia Mais: Feliz com a vitória, Renato Gaúcho pede mais respeito ao Grêmio
Jogadores do Bahia exaltam triunfo em cima do líder Corinthians

Seis pontos de vantagem

O Boca Jrs. derrotou o Patronato por 2 a 0, gols de Cristian Pavón e Darío Benedetto e disparou na liderança da Superliga Argentina. A representação do município de Paraná bem que tentou fazer uma graça e resistiu o primeiro tempo inteiro sem levar gols.Além de muita raça com a bola nos pés, o acanhado alçapão estava lotado para fazer muita pressão nos de amarelo e azul. A qualidade do gramado tampouco ajudava a esquadra que tinha o futebol mais técnico. Superadas as dificuldades, e a meta oponente, o triunfo dos visitantes acabou gerando 62% de lucro, segundo o Oddsshark.com.

Claudio Biaggio começa a se firmar

O treinador interino do San Lorenzo começa a dar sinais de que pode ser efetivado pela diretoria. Dirigindo o azul e grená, ele chegou a sete de nove pontos possíveis até agora. Contra o Defensa y Justicia, ele finamente começou a dar um toque pessoal aos seus comandados. A equipe havia herdado o 4-2-3-1 de Diego Aguirre, demitido mês passado. Biaggio montou o time para jogar no 4-3-1-2. É claro que a pausa para a data FIFA ajudou a treinar o novo esquema tático. Ezequiel Cerutti marcou dois e Nicolás Blandi um. Nicolás Fernández descontou. Quem acreditou no Ciclón ganhou mais do que o dobro do valor investido: R$ 2,19 / um, segundo o Oddsshark.com.

Reservas não cumpriram seu papel

O professor Marcelo Gallardo mandou ao Monumental de Núñez seu quadro alternativo, já que sua prioridade é vencer os certames copeiros: Copa da Argentina e Taça Libertadores. O primeiro tempo foi bastante arrastado, com poucas ocasiões de gol. Milton Casco furou a retranca dos visitantes aos 4′ da segunda etapa e o colombiano Rafael Borré ampliou três minutos depois. Parecia que a vitória dos portenhos estava encaminhada.

Os alvianis chegaram à igualdade com La Pulga Rodríguez, aos 20′, e com Ismael Blanco, aos 29′. O River Plate não tem do que lamentar. Recuado e com o uruguaio De La Cruz estranhamente substituído por seu comandante, os locais eram presas fáceis. O goleiro Augusto Batalla teve que se virar para salvar a cabeçada de Yonathan Cabral e o chute de Blanco.

O 2 a 2 recompensou quem previu o empate em R$ 4,54 / um, segundo o Oddsshark.com.

Festa em Santa Fé

O Colón é a grande surpresa desta edição do Campeonato Argentino. Em seus domínios, o rubro-negro bateu o Temperley por 2 a 0 e se manteve no G-5, que leva à Taça Libertadores da América. O Sabalero se manteve invicto na contenda, com três vitórias e três empates. Os gols foram marcados por Nicolás Leguizamón, no primeiro tempo, e Marcelo Estigarribia, no último lance antes do apito final. O resgate da aplicação foi de R$ 1,61 / um.

Vélez tenta se distanciar da segundona

O Vélez Sarsfield conseguiu um difícil êxito sobre o Newell’s Old Boys em domicílio. O único tento do duelo teve como autor Matías Vargas, o “monito”. Os três pontos foram bastante comemorados, pois os alvianis lutam desesperadamente contra o rebaixamento. O apostador que acreditou na coluna um, viu um depósito de R$ 2,02 / um cair em sua conta.

Rebaixamento

Na Argentina, o rebaixamento é determinado pela média de pontos ganhos por partida das últimas três temporadas. Neste momento, os quatro rebaixados seriam Arsenal, Chacarita Jrs., Olimpo e Temperley. Apenas o campeão e o vice da segunda divisão sobem, reduzindo assim o número de participantes na elite para 26, em 2018/19.

River tenta a tríplice coroa

Depois do tropeço no fim de semana, o River Plate foca suas atenções na Copa da Argentina, torneio pelo qual entra em campo na quarta-feira. O compromisso foi antecipado em uma semana porque os alvirrubros alcançaram as semifinais da Taça Libertadores da América.

Seu adversário é o modesto Atlanta, simpático clube de Buenos Aires, que está no terceiro nível do futebol nacional. O triunfo dos Millonarios é dado como certo e o lucro do apostador fica em 29%, contra R$ 10,75 / um se der a zebra amarela e azul. Se formos para a prorrogação, paga-se R$ 5,53 / um.

O River que abra o olho, pois ao longo da campanha, os Bohemios já se impuseram sobre duas agremiações da elite: Belgrano e San Martin San Juan.

Nos outros emparelhamentos temos Godoy Cruz x Rosario Central, Atlético Tucumán x Vélez Sarsfield e Olimpo x Deportivo Morón, da série B.

Leia mais em Futebol Latino.

6ª Rodada:
Sexta-feira, 13 de outubro:

Lanús 2×1 Unión de Santa Fé (R$ 2,04)
San Lorenzo 3×1 Defensa y Justicia (R$ 2,19)

Sábado, 14 de outubro:
Rosario Central 1×3 Argentinos Jrs. (R$ 5,50)
Colón 2×0 Temperley (R$ 1,61)
Estudiantes 1×1 Banfield (R$ 3,17)
VélezSarsfield 1×0 Newell’s Old Boys (R$ 2,02)
Racing1x0 Tigre (R$ 1,81)

Domingo, 15 de outubro:
Chacarita Jrs. 1x2Independiente (R$ 1,80)
Godoy Cruz3x0 Gimnásia y Esgrima La Plata (2,14)
Belgrano 0x0 Talleres (R$ 2,92)
River Plate 2×2 Atlético Tucumán (R$ 4,54)
Patronato 0x2Boca Jrs. (R$ 1,62)

Segunda-feira, 16 de outubro:
20h05: (R$ 2,63) Olimpo x Huracán (R$ 2,86) (Empate R$ 2,96)
22h05: (R$ 2,40) Arsenal x San Martín San Juan (R$ 3,05) (Empate R$ 3,10)

Classificação:
1º Boca Jrs. – 18 Campeão + Taça Libertadores (fase de grupos) + Supercopa.
2º River Plate – 12- Taça Libertadores (fase de grupos).
3º San Lorenzo – 12- Taça Libertadores (fase de grupos).
4º Colón Santa Fé – 12- Taça Libertadores (fase de grupos).
5º Lanús – 12- Taça Libertadores (fase preliminar).
6º Unión de Santa Fé – 11 – Copa Sul-Americana.
7º Talleres – 11 – Copa Sul-Americana.
8º Banfield – 10 – Copa Sul-Americana.
9º Argentinos Jrs. – 10 – Copa Sul-Americana.
10º Independiente – 10 – Copa Sul-Americana.
11º Godoy Cruz – 10 – Copa Sul-Americana.
12º Vélez Sarsfield – 10
13º Patronato – 9
14º Belgrano – 9
15º Estudiantes – 8
16º Racing – 8
17º Huracán – 8
18º San Martín San Juan – 7
19º Atlético Tucumán – 6
20º Newell’s Old Boys – 5
21º Defensa y Justicia – 5
22º Gimnásia y Esgrima La Plata – 4
23º Temperley – 4 – Primera B Nacional.
24º Arsenal – 3 – Primera B Nacional.
25º Tigre – 3
26º Rosario Central – 3
27º Chacarita Jrs. – 2 – Primera B Nacional.
28º Olimpo – 1 – Primera B Nacional.

SHARE

A redação do site pioneiro em informações detalhadas a respeito do futebol na América Latina trabalha sempre para unir qualidade e dinamismo a um conceito moderno de jornalismo esportivo.