COMPARTILHAR
Bolívar-Delfín-Copa-Libertadores-Futebol-Latino-24-05
Foto: APG

*Alex Dias Souza – Colaborador do Futebol Latino

O Bolívar conquistou mais uma vitória no Grupo 2 da Copa Libertadores ao receber o Delfín na noite desta quinta-feira, no estádio Hernando Siles, em La Paz. Porém, mesmo com a vitória por 2 a 1 diante dos equatorianos, a equipe comandada pelo brasileiro Vinicius Eutrópio, acabou eliminada do torneio. Os gols de Juanmi Callejón, aos 13 minutos do primeiro tempo e aos 3 da etapa final, não foram o suficiente para ajudar o time a avançar para próxima fase da competição, isso porque era necessário uma goleada ou um tropeço do Colo Colo para obter a segunda colocação do grupo.

O jogo

Tirando proveito da altitude, o Bolívar chegava com facilidade ao ataque. Logo aos 13 minutos, a equipe boliviana abriu o placar com Juanmi Callejón. Dois minutos depois, os bolivianos perderam duas oportunidades de gol. Aos 14, após receber um cruzamento rasteiro de Juanmi Callejón, Juan Carlos Arce, finalizou com o pé direito pra longe do gol. No minuto seguinte, foi a vez de William Ferreira levar perigo ao gol dos equatorianos ao finalizar de perna esquerda de fora da área.

O Delfín não estava completamente dominado. O time equatoriano criou boas chances de gols na primeira etapa, mas apesar dos sustos, o Bolívar estava bem defensivamente e seguiu com o domínio do jogo e com mais posse de bola. Mesmo assim, o time tinha muitas dificuldades para converter essa superioridade em lances de gol.  Aos 35 minutos outra ótima oportunidade.  Após receber um belo cruzamento rasteiro de William Ferreria,Eduardo Fierro finalizou com o pé direito e na cara do gol mandou a bola no poste esquerdo do goleiro Pedro Ortiz.

No segundo tempo o Bolívar seguiu mais presente no ataque e aproveitava sua maior resistência na altitude. Tanto é que logo aos 3 minutos conseguiu surpreender os adversários jogando com velocidade e chegou ao segundo gol.  No lance, após receber um belo cruzamento de Arce, Juanmi Callejón tocou de cabeça no lado direito do gol do goleiro Ortiz e marcou o segundo dele na partida.

O Delfín, por sua vez, teve de sair mais para o jogo na tentativa de chegar, ao menos, ao empate, porém, enfrentava grandes dificuldades para vencer o setor defensivo dos donos da casa.

Aos 5 minutos, no entanto, os equatorianos conseguiram diminuir o placar graças a um gol contra marcado por  Ronald Raldes.Mesmo com o gol, o jogo não mudou, a forte marcação e o domínio do time do Bolivar decretaram a vitória do time no Hernando Siles.

Com o resultado, os dois times se despedem precocemente da Libertadores, o Bolivar porém, garante ao menos uma vaga na Copa Sul-Americana.