COMPARTILHE
bolivia-hoyos-reforcos-proximos-duelos-eliminatorias-futebol-latino-09-11
Foto: EFE

Para as partidas da Bolívia contra Venezuela e Peru, as primeiras após a punição imposta pela FIFA em relação a escalação irregular de Nelson Cabrera, o técnico Guillermo Hoyos terá dois nomes que, apesar de constantemente convocados, estavam de fora das últimas listas.

Leia mais: Atual convocação do Paraguai será a última de Roque Santa Cruz
Árbitro é morto após expulsar jogador no México

No caso do volante Alejandro Chumacero, o grande problema que manteve o atleta do The Strongest distante foi uma séria lesão sofrida pelo jogador no joelho ainda em maio desse ano, situação que iniciou um ciclo sofrido de problemas musculares até que o atleta de 25 anos pudesse voltar a ter ritmo de jogo e ser considerado para atuar na La Verde.

Entretanto, mesmo tendo condições físicas, a comissão técnica boliviana preferiu deixar o jogador em La Paz, deixando grande possibilidade para que ele seja titular no compromisso contra o Peru no Estádio Hernando Siles do próximo dia 15.

Por outro lado, o aspecto técnico e também da necessidade de Hoyos conhecer melhor todo o material humano que tem a disposição fez com que o sueco naturalizado boliviano e também meio-campista Martin Smedberg, jogador do Goteborg (Suécia) ficasse de fora das últimas listas e retornasse apenas agora para os jogos em Maturín contra a Vinotinto (próximo dia 11) e diante dos peruanos em La Paz.