COMPARTILHAR
Foto: Conmebol

*Por Juliano Rangel

O atacante do Palmeiras, Miguel Ángel Borja, aprovou o novo esquema tático da seleção colombiana, que vem jogando com dois atacantes. Um dos artilheiros da seleção no último amistoso contra os Estados Unidos, o camisa 9 Alviverde considerou que a modificação ajudar a aumentar as chances de gol de Los Cafeteros.

Leia mais: Hernán Gómez faz curiosa comparação depois de Catar x Equador

Neymar lamenta ausência de craque argentino no clássico: “É uma pena para o futebol”

Em entrevista ao site colombiano El Tiempo, o jogador de 25 anos considerou que a preocupação dos adversários aumenta com dois atacantes. “Com dois atacantes temos mais ocasiões de gols e o rival se preocupa mais em se defender do que atacar. Desde que jogamos contra a Inglaterra (na Copa do Mundo da Rússia) nos demos conta de que com dois atacantes a seleção havia rendido. Vamos por um bom caminho e trabalhamos muito forte. O professor (Arturo Reyes Montero) está o fazendo bem”, destacou Borja.

Ele também destacou o trabalho da dupla Falcão Garcia e Carlos Bacca no amistoso contra os Estados Unidos e destacou a qualidade de Falcão. “Ele (Arturo Reyes Montero) jogou com Falcão e Bacca e nossos rivais tiveram mais medo. O professor Reyes está trabalhando muito bem na parte de ataque. Eles se entendem bem. Eu jogo sozinho e me sinto bem, mas também jogo acompanhado caso seja necessário. É um jogador (Falcão) de área e na hora de definir é muito claro. Também quando se movimenta gera espaço para os outros jogadores”, disse o jogador.

Borja também agradeceu a confiança e destacou o trabalho que vem sendo realizado na seleção colombiana. “Glória a Deus que pudemos ganhar e que a equipe está bem. Agradecido com os professores que me dão confiança e buscamos o melhor rendimento para dar a seleção”, finalizou o atacante do Palmeiras.

COMPARTILHAR
A redação do site pioneiro em informações detalhadas a respeito do futebol na América Latina trabalha sempre para unir qualidade e dinamismo a um conceito moderno de jornalismo esportivo.