COMPARTILHAR
Foto: Conmebol

Em Assunção, o Palmeiras soube controlar a pressão de jogar na casa do Cerro Porteño e com dois gols de Borja, ficou muito perto de garantir sua vaga nas quartas de final. Agora, o Verdão pode perder até por um gol que passa de fase. Já o Ciclón tem a necessidade de triunfar por três gols de diferença. Caso o time paraguaio repita o placar, a vaga será decida nos pênaltis.

O duelo da volta acontece no dia 30 de agosto, no Allianz Parque, em São Paulo.

O confronto

O primeiro tempo foi morno. Com as duas equipes aplicadas na marcação, quase nenhuma chance foi criada e os dois goleiros apenas assistiram o duelo.

Na única possibilidade de gol, Rojas aproveitou o erro na marcação do Palmeiras, dominou a bola e bateu por cima do gol de Weverton.

No segundo tempo o Palmeiras foi mortal. Logo aos 2 minutos, Dudu bateu falta, Churín desviou de cabeça e a bola ficou com Borja. O camisa 9 dominou e soltou a bomba, 1 a 0 Verdão.

O Cerro até buscou o empate, mas a falta de criatividade no meio e o acúmulo de balões no ataque não surtiu efeito.

No contra-ataque o Palmeiras definiu o confronto. Diogo Barbosa avançou, invadiu a grande área e bateu cruzado. Moisés conseguiu aproveitar o rebote e deu passe magistral para Borja, que olhou o posicionamento do goleiro e ampliou, 2 a 0.