SHARE
Bolívia-Brasil-Eliminatórias-Futebol-Latino-05-10
Foto: Arte Futebol Latino

Na altitude de La Paz, a Bolívia recebeu o Brasil e conseguiu segurar o empate sem gols. O destaque do confronto foi o goleiro Lampe, que praticou defesas milagrosas e parou o ataque brasileiro.

Leia Mais: Grêmio confirma lesão de Douglas e cirurgia será na segunda-feira
Base do Grêmio enfrentará tradicional clube paraguaio

Na última rodada, o Brasil encara o Chile, no Allianz Parque e a Bolívia vai até Mondevidéu enfrentar o Uruguai. Todos os jogos acontecem na terça-feira, às 20h30 (horário de Brasília).

O jogo

Como era de se esperar, a Bolívia começou o jogo mais presente no campo de ataque e quase abriu o placar após jogada ensaiada. Juan Arce cobrou escanteio curto e Machado encheu o pé. A bola tirou tinta da trave de Alisson e saiu pela linha de fundo.

Susto tomado, o Brasil resolveu sair para o jogo e chegou com facilidade ao gol boliviano por duas vezes. Na primeira, Gabriel Jesus ficou cara a cara e Lampe, mas o goleiro defendeu com o rosto. Na sequência, Neymar recebeu passe de Paulinho tirou o goleiro e chutou, mas Valverde salvou em cima da linha. No rebote, a bola voltou para o camisa 10 que finalizou e novamente Valverde evitou o gol.

Nos minutos finais a chance mais clara da Bolívia. Dessa vez, Marcelo Moreno tocou para Bejarano que encheu o pé, a bola pegou no travessão e pintou fora do gol.

Etapa Final

No segundo tempo o panorama continuou o mesmo. Com o Brasil pressionando, o goleiro boliviano tinha muito trabalho e evitava o gol com defesas fantásticas.

Na melhor oportunidade brasileira, Neymar ganhou na corrida do zagueiro e quando ficou cara a cara com Lampe, deu um leve toque na bola e facilitou a defesa do goleiro.

Na reta final do confronto o Brasil voltou a apertar e Gabriel Jesus novamente parou no camisa 1. Neymar fez jogada individual, cruzou para o camisa 9 que cabeceou com estilo, mas Lampe defendeu com a ponta dos dedos.