Foto: AFP

Capitão da seleção chilena na Copa América, Gary Medel concedeu a sua primeira entrevista coletiva na noite da última terça-feira e falou sobre Claudio Bravo. Sem papas na língua, o meio-campista revelou que existe um problema do elenco com o arqueiro, mas vê uma chance de reconciliação.

Leia Mais: Maradona diz que “é o homem certo” para treinar o Manchester United
Montillo fala sobre o primeiro título com a camisa do Tigre

“É óbvio que o grupo está chateado com ele (Claudio Bravo). Existe erro dos dois lados, mas isso é possível de contornar através de uma conversa cara a cara com os líderes da seleção”, declarou.

Apesar de admitir que o goleiro do Manchester City não é bem visto pelo elenco, Medel foi claro ao dizer que a não ida de Bravo a Copa América é decisão do técnico Reinaldo Rueda.

“Eu tenho vários amigos no futebol chileno que não estão aqui conosco, como, por exemplo, o Valdivia, Pinilla e até mesmo o Bravo. Quem decide os jogadores é o técnico e não temos o poder de escolher os companheiros”, disparou.

Entenda o Caso

Líder da seleção chilena por muitos anos, principalmente no bicampeonato da Copa América, Claudio Bravo ficou frustrado com a não ida da Roja à Copa do Mundo da Rússia.

Após o fatídico jogo diante o Brasil, na rodada final das Eliminatórias, a sua esposa foi até a rede social e disparou contra vários atletas do grupo. O caso causou um mal-estar muito grande entre os principais jogadores e Bravo, mesmo capitão da equipe, nunca mais convocado.