Foto: Divulgação

Como não poderia ser diferente, a medida que se aproxima a partida entre River Plate e Boca Juniors, o clima entre as duas equipes começa a esquentar e Leonardo Ponzio, capitão Millonario, resolveu alfinetar os adversários por conta da polêmica do Monumental de Núñez.

Leia Mais: Gimnasia e Rosario Central decidem nessa quinta-feira a Copa Argentina
Zagueiro Juninho anuncia a aposentadoria do futebol

Após ter o ônibus atingido por pedras e garrafas, os jogadores do Boca lamentaram que os atletas do River não demonstraram nenhum tipo de apoio aos colegas de profissão, fato que foi desmentido por Ponzio.

“Muito do que foi dito não é verdade. Nós atuamos da melhor maneira com a situação e vários jogadores do nosso grupo conversaram com eles”, disparou.

“Demonstramos solidariedade ao ocorrido nos arredores do nosso estádio, pois dentro do nosso elenco, construímos uma ideologia vencedora e honesta há quatro anos”, completou.

Agora, resta saber se Tévez, um dos que alegaram falta de solidariedade do River Plate, irá se manifestar ou deixar para dar a resposta dentro de campo no próximo domingo, na decisão continental.