Foto: Divulgação Conmebol

Na tarde dessa segunda (1), a delegação do Caracas chegou a cidade de Curitiba para disputar na próxima quarta-feira o segundo jogo das oitavas de final da Copa Sul-Americana frente a equipe do Atlético-PR. Precisando, necessariamente, de um triunfo por dois gols de diferença para levar as penalidades (em caso de 2 a 0) ou mesmo para avançar diretamente (3 a 1 em diante).

Leia mais: Juan Carlos Osorio complementa a lista de convocados do Paraguai
Cachorro invade o campo em partida entre Unión x Gimnasia

Porém, a história diz que a missão dos venezuelanos não ficaria marcada apenas na trajetória dessa edição da competição continental como mesmo de todos os confrontos já feitos contra times brasileiros em solo nacional.

Isso porque, contando oito embates válidos por Libertadores e um pela extinta Copa Conmebol, o melhor resultado que os Diablos Rojos já obtiveram no Brasil foi um 0 a 0 diante do Grêmio nas quartas de final da Liberta de 2009.

No mais, em todos os outros compromissos o Caracas perdeu a partida e, na maioria das vezes, por mais de um gol de diferença.