SHARE
cavani-da-declaracao-interessante-sobre-voltar-ao-uruguai-Futebol-Latino-08-02
Foto: Charles Platiau/Reuters

O atacante uruguaio Edinson Cavani viveu nas últimas semana a honra de se tornar o maior artilheiro da história do Paris Saint-Germain. Porém, isso não faz ele pensar unicamente em seu futuro dentro do clube francês.

Leia mais: Indefinição em caso de direitos televisivos no futebol do Equador
Com paralisação e defesa de pênalti, CSA empata e avança na Copa do Brasil

Em entrevista dada pelo centroavante a rádio charrua Sport 890, o jogador de 30 anos de idade ressaltou que ter a oportunidade não só de atuar no Uruguai como também ganhar a Copa Libertadores seria uma importante realização para sua carreira.

“Jogar por uma equipe do seu país, defendê-lo na América do Sul e poder ganhar uma Libertadores. Creio que seja algo muito especial. Oxalá possam conseguir antes, porque é algo que daria grande impulso ao nosso futebol e as equipes”, pontuou Cavani.

Apesar de seu passado curto no futebol uruguaio ser ligado ao Danubio, Edinson não deu preferência ao clube Bohemio e tampouco deixou a equipe de Montevidéu como prioridade em um possível retorno a terra-natal.