SHARE
ceara-aproveita-suas-chances-e-vence-inter-no-rs-Futebol-Latino-28-10
Foto: Fernando Alves/Agência Freelancer

Depois de usar a boa e velha tática defensiva, o Ceará se aproveitou de um dos poucos ataques no jogo para fazer o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Internacional em pleno Beira-Rio pelo Brasileirão da Série B.

Leia mais: Uma bomba relacionada a suborno estourou no futebol peruano
“Virando a chave” de novo, Grêmio enfrenta o Avaí no Brasileirão

Utilizando a sua tática de se defender e esperar a equipe do Internacional no campo defensivo, o Ceará não fez a menor questão de tentar fazer frente a equipe do Rio Grande do Sul, somente aguardando com que o Colorado tentasse assumir as rédeas da situação e atacasse a sua maneira.

Já o Inter, tentando exercer o seu papel de dominância no duelo, tentou avançar ao plano ofensivo sem muito sucesso, esbarrando na boa defesa cearense e sem conseguir colocar em muitas dificuldades a equipe do nordeste.

Porém, aos 15 minutos da etapa complementar, surgiu o tento que acabou definindo o confronto. Depois de jogada onde o atacante Lima praticamente limpou toda a marcação da equipe sulista, ele simplesmente tocou para o centroavante Élton que, com o gol a sua frente, só tocou para as redes.

Depois disso, o time de Porto Alegre insistiu de todas as maneiras para fazer com que o empate fosse o menor dos prejuízos. Contudo, depois da retranca formada pela equipe de Fortaleza, foi extremamente complicado para com que o Colorado furasse o sistema defensivo e o resultado acabou ficando como uma vitória fundamental dos comandados de Marcelo Chamusca.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 0 X 1 CEARÁ
Local: Beira-Rio, Porto Alegre (RS).
Data-Hora: 28/10/2017 – 17h30.
Público/renda: 32.977 pessoas/R$ 918.825,00.
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ).
Auxiliares: Rodrigo Henrique Correa (RJ) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ).
Cartões amarelos: Charles e Uendel (INT); Lima, Romário e Richardson (CEA).
Cartões vermelhos: 
Gols: Élton (15’/2ºT).

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Alemão, Danilo Silva, Victor Cuesta e Uendel; Charles (Camilo), Edenílson, William Pottker, D’Alessandro e Eduardo Sasha (Carlos); Roberson (Nico López). cnico: Guto Ferreira.

CEARÁ: Éverson; Pio, Rafael Pereira, Luiz Otávio e Romário; Pedro Ken (Valdo), Ricardinho e Richardson; Leandro Carvalho (Rafael Carioca), Lima e Elton (Magno Alves). Técnico: Marcelo Chamusca.