Foto: Reprodução/Twitter

Sem espaço no Racing após a briga com o técnico Eduardo Coudet, Ricardo Centurión foi negociado com o Atlético San Luis, do México. Após disputar os cinco primeiros jogos como titular, o meia-atacante perdeu a sua vaga na equipe e gerou insatisfação interna.

Leia Mais: Batistuta recusa convite para trabalhar com Maradona na Argentina
Após rumores de retorno, meia argentino decide permanecer na Europa

O principal personagem que ficou incomodado com a ausência do argentino entre os 11 foi o presidente do clube, Alberto Marrero, que resolveu tirar satisfação com o técnico Alfonso Sosa.

De acordo com o portal TUDN, o treinador explicou que a ausência repentina do atleta se deu pelo fato de Centurión não se esforçar nos treinamentos como deveria. A resposta do mandatário foi que o jogador precisava atuar, pois o seu salário girava em torno de U$D 200 mil/mês.

No término da conversa, ao bater o pé e definir que não iria aceitar o pitaco do presidente, Alfonso Sosa perdeu o emprego e Gustavo Matosas foi o escolhido para o substituir.

Com ou sem Centurión, o Atlético San Luis é uma das surpresas positivas da Liga MX. Após oito rodadas, a equipe aparece na 10ª posição, com 11 pontos, um a menos que o Monterrey, primeiro time do G-8.