SHARE
cerro-porteno-e-independiente-santa-fe-se-enfrentam-em-volta-pra-casa-paraguaia-Futebol-Latino-12-09
Foto: René González/Conmebol/@CCP1912oficial

Se a frase “A primeira vez a gente nunca esquece” tiver seu papel habitual, certamente o torcedor e os integrantes do Cerro Porteño vivem uma expectativa gigantesca para, diante do Junior Barranquilla hoje em Assunção, dar mais um passo histórico para a La Nueva Olla.

Leia mais: Argentina consegue liberação para encarar o Peru na La Bombonera
Luan não se recupera e está fora do jogo contra o Botafogo

Isso porque, em caráter de torneios continentais, essa será a primeira partida desde que o clube fez uma profunda reforma nas instalações, possibilidade agora uma estrutura quase que de primeiro mundo para o público de 45 mil pessoas esperadas.

Dentro do ambiente local, Se no Clausura o Ciclón del Barrio Obrero é somente o oitavo colocado com oito pontos atrás do líder Guaraní, na Liga Aguila II o Junior segue na perseguição do líder Independiente Santa Fe com seis pontos atrás (28 a 22).

Especificamente para o duelo dessa noite na capital paraguaia, os anfitriões não devem ter grandes problemas para montar a equipe titular. Existe apenas uma dúvida em relação a quem seria o companheiro de ataque de Alfio Oviedo: Óscar Ruíz ou o experiente Haedo Valdéz.

Já do lado dos colombianos, certamente a maior baixa que será detectada é o fato da estrela Teo Gutiérrez sequer ter viajado ao país guaraní em função de lesão. O seu substituto mais provável é o paraguaio Roberto Ovelar que, antes da chegada de Teo, gozava de titularidade quase que indiscutível no Tiburón.

Prováveis escalações

Cerro Porteño: Antony Silva; Fabián Franco, Marcos Cáceres, Ignacio Pallas e Hugo Aquino; Jorge Rojas, Rodrigo Rojas, Marcos Riveros, Juan Aguilar e Óscar Ruiz (Haedo Valdez); Alfio Oviedo.

Técnico: Leonel Álvarez.

Junior Barranquilla: Sebastián Viera; David Murillo, Germán Gutiérrez, Jhonatan Ávila e Jorge Arias; Víctor Cantillo, Leonardo Pico, Jarlan Barrera e James Sánchez; Yimmy Chará e Roberto Ovelar.

Técnico: Gustavo Costas.