Foto: Divulgação

No jogo que encerrou a 2ª rodada do Hexagonal do Sul-Americano Sub-17, o Chile derrotou o Peru por 3 a 2. Com o placar, a Roja assumiu a liderança, com seis pontos. O time da casa é o quarto, com apenas um ponto.

Leia Mais: Argentina leva a melhor no clássico contra o Uruguai
Palestino tropeça e Huachipato vence na abertura da 6ª rodada do Chileno

Na próxima rodada, o Chile encara a Argentina. Enquanto isso, o Peru mede forças com o Paraguai. Os dois jogos acontecem na segunda-feira.

O duelo

A primeira etapa ficou marcada pela efetividade da seleção chilena. Com uma postura mais defensiva, a Roja esperava o Peru se abrir no campo ofensivo e explorava os contra-ataques para mexer no placar.

Aos 15 minutos, Gonzalo Tapia invadiu a grande área e após um toque normal do zagueiro peruano desabou. O árbitro marcou pênalti e revoltou os jogadores da albirroja. Na cobrança, Aravena bateu no canto esquerdo e balançou a rede.

Como já era de se esperar, o Peru foi ainda mais a frente para buscar o empate e chegou perto do objetivo em escanteio. Julio Fierro saiu mal, a bola pegou no defensor chileno e sobrou limpa na pequena área para Cavero, que bateu de primeira e Pizarro salvou em cima da linha. Na sequência do lance, Tapia foi lançado no contra-ataque, driblou o goleiro e ampliou a favor dos chilenos.

Se com a bola no chão estava difícil, o Peru voltou a apostar na bola aérea e Fierro voltou a falhar. O goleiro viu o adversário se antecipar, ganhar de cabeça e Pérez, sozinho na pequena área, chutar na trave.

Nos minutos finais, a zaga peruana falhou novamente e Luis Rojas só teve o trabalho de invadir a grande área e bater na saída do goleiro.

Na etapa final, a reação peruana veio em 10 minutos. Através de duas bolas na área, o time casa diminuiu o prejuízo com os gols de Celi e Nicolas Figueroa.

Apesar do gol marcado, a seleção da casa não conseguia converter o volume de jogo em bola na rede. Sem espaço para entrar na defesa rival, o jeito foi explorar os chutes de fora da área e Fierro salvou.

Nos minutos finais o Peru teve a chance do jogo. Após levantamento, Riquelme errou o corte de maneira bizarra e Grimaldo chutou para fora.