SHARE
chile-e-mais-uma-vez-punido-pela-fifa-dessa-vez-por-dois-motivos-Futebol-Latino-04-10
Foto: Divulgação/ANFP

Como se não bastasse o momento delicado e a sequência difícil de partidas que o Chile terá pela frente nas Eliminatórias, uma notificação vinda da FIFA não trouxe nenhum alento aos cartolas da seleção local.

Leia mais: Treinador do Juventude nega terror das bolas paradas, mas quer melhoras
Colômbia tenta garantir vaga na Copa diante do desesperado Paraguai

Segundo informações que foram repercutidas em toda a imprensa sul-americana, a entidade máxima do futebol mundial multou o selecionado chileno em uma cifra de 40 mil francos suíços (o equivalente a pouco mais de R$ 128 mil) por problemas nas partidas contra Paraguai e Bolívia nas últimas rodadas.

Um dos problemas que motivou uma das sanções da FIFA foram cantos de tom xenofóbico contra os torcedores bolivianos no jogo onde a Roja saiu derrotada em La Paz por 1 a 0 no dia 5 de setembro. Já a outra punição foi em função de atraso no retorno ao gramado contra os paraguaios quando o Chile foi goleado em casa por 3 a 0 no último dia 31 de agosto.

Essa não é a primeira oportunidade que atos relacionados a equipe dirigida por Juan Antonio Pizzi se transformam em punição já que, graças a problemas também relacionados a cantos de promoção a xenofobia, a equipe foi proibida de mandar seus jogos no Nacional de Santiago por todo o ano de 2017 e, atualmente, usa o Monumental como a casa da seleção local.