Foto: Record

Foi com emoção, mas o Chivas Guadalajara é campeão da Concachampions. Após perder no tempo normal do Toronto FC por 2 a 1, o time mexicano levou a melhor nos pênaltis e venceu por 4 a 2. Com a taça, o clube da Liga MX está no Mundial de Clubes 2018.

O jogo

Com a vantagem do empate, o Chivas não pensou no regulamento e partiu para cima. Aos 19 minutos, Orbelin Pineda aproveitou a bobeira da zaga canadense e colocou o time em vantagem.

O tento sofrido fez o Toronto mudar sua postura e o empate veio após confusão na grande área. A bola sobrou para Altidore e o atacante empurrou para o gol, 1 a 1.

A virada veio nos minutos finais. Delgado puxou contra-ataque e tocou para Giovinco. O italiano invadiu a grande área e bateu no contrapé do goleiro, 2 a 1.

No segundo tempo a tensão tomou conta das duas equipes e o jogo ficou mais amarrado. Conforme o cansaço foi batendo, os dois times cediam espaços e os atacantes perdiam chances inacreditáveis.

O gol do título caiu para o Toronto aos 46 do segundo tempo. Giovinco fez jogada pela esquerda e cruzou na medida para Delgado. O camisa 16 bateu muito forte e a bola saiu por cima do travessão.

Penalidade Máxima

Como o Toronto devolveu a derrota do jogo de ida por um gol de diferença, a decisão ficou nas cobranças de pênaltis. Melhor para o Chivas Guadalajara, que acertou os quatro chutes e viu seu rival perder duas cobranças com Osorio e Bradley.