novo-formato-de-copa-do-mundo-pode-favorecer-o-brasil-Futebol-Latino-31-10
Foto: Harold Cunningham/Getty Images

Ainda não foi anunciado em caráter oficial, mas a edição mexicana da ESPN antecipou nessa quarta-feira (10) uma importante informação sobre a forma como as seleções da Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe (CONCACAF) irão definir lugar na Copa do Mundo de 2022 a ser realizada no Catar.

Leia mais: Juan Carlos Osorio pede a demissão de ídolo do Atlético Nacional
Nicolás Lodeiro revela o desejo de voltar a ex-clube

No novo formato, as seis seleções que estiverem melhor colocadas no ranking da FIFA em junho de 2020 disputarão um hexagonal com jogos de ida e volta onde os três primeiros estão diretamente qualificados ao Mundial. O quarto colocado, por sua vez, ficará aguardando o ganhador da fase envolvendo as outras 29 equipes associadas a entidade que rege o futebol na América Central e do Norte.

Caso a disputa ocorresse nesse momento, os qualificados automaticamente a essa instância seriam, de acordo com a última atualização que ocorreu em 19 de junho, México, Estados Unidos, Costa Rica, Jamaica, Honduras e El Salvador. Participante pela primeira vez da fase de grupos na última Copa, na Rússia, o Panamá estaria fora desse grupo.

Em relação as demais seleções, será feita uma divisão em oito grupos onde três deles possuirão três integrantes e os outros cinco terão quatro com a forma de divisão ainda pouco esclarecida. Ao fim dos jogos em turno único, os oito primeiros colocados de cada chave vão a um mata-mata simples onde o “campeão” jogará contra o quarto colocado do hexagonal antes mencionado.

O vencedor desse duelo será o time que disputará a tradicional repescagem contra o campeão de outra confederação ainda a ser definida pela FIFA: AFC, OFC ou mesmo da Conmebol.