SHARE
(Foto Luis Álvares - El Deportivo)

*Por Rodrigo Sturaro

Principal alvo do Palmeiras para ser o substituto de Gabriel Jesus, o atacante colombiano Miguel Borja também está sendo muito desejado no futebol mexicano. Segundo a mídia local, o Cruz Azul iniciou contato com a diretoria do Atlético Nacional para contar com o artilheiro a partir de 2017.

Leia mais: Clube chileno tem interesse na contratação de Vecchio
Relembre cinco zebras históricas na Pré-Libertadores

A pedida inicial dos colombianos, 15 milhões de dólares (cerca de R$ 50 milhões), assustou a diretoria do Cruz Azul, que pretende envolver o equatoriano Joffre Guerrón na negociação e amortizar o valor da transferência. Por entender que é uma transação complicada, os mexicanos trabalham com um plano alternativo, que seria Miller Bolaños, do Grêmio.

Questionado sobre o interesse dos Cementeros, como é chamado o Cruz Azul no México, Borja falou que seria um prazer atuar pelo clube.

“Ainda não fui informado do interesse do Cruz Azul, mas se houver sem dúvida seria interessante. O que tenho ciência é de que há interesse de equipes mexicana e eu gostaria de jogar lá, pois a Liga MX é muito competitiva”, disse Borja, que revelou ter conversado com compatriotas que atuam no México.

“Costumo falar com o Wilson Morelo e ele me disse que a Liga é muito forte, que tem um futebol de velocidade e que as partidas são muito disputadas. A equipes são muito fortes e seria bem interessante jogar por lá”, finalizou Borja.

  • Rafael Fernandes Maieski

    Liga mexicana competitiva kkkkkkkkkk

    • Wellington Emilio

      Tem vários jogadores de seleções sulamericanas, consegue atrair franceses para a liga(Gignac e Delort), veja pelo menos 5 partidas(Incluindo times de Tigres UANL, Monterrey, América, Cruz Azul, Necaxa, Tijuana e León) e a Liga está ficando cada vez melhor com bastante planejamento certo dos clubes