com-apenas-um-jogo-osorio-vive-bastidores-turbulentos-no-paraguai-Futebol-Latino-11-02
Foto: Divulgação/Seleção Paraguaia

Por incrível que pareça, o técnico colombiano Juan Carlos Osorio fez apenas uma partida a frente da seleção do Paraguai (amistoso em Durban frente a África do Sul em 20 de novembro que terminou em 1 a 1), mas balança no cargo ao ponto de, no final de semana, informações sobre sua renúncia terem sido ventiladas na imprensa guaraní.

Leia mais: Marcelo Bielsa é observado por time da Premier League
Vidal volta a ser criticado fortemente por imprensa europeia

O clima está tão “nebuloso” nesse sentido que, de acordo com o que apurou o periódico ABC, uma reunião está prevista nos próximos dias entre o comandante e a cúpula da Associação Paraguaia de Futebol (APF).

Desde que assumiu o comando da Albirroja, uma pequena onda de desconfiança tem sido lançada sobre o técnico em relação a suas declarações de ter o sonho de comandar a seleção da Colômbia, algo que acabou relativamente dissipando com o português Carlos Queiroz sendo oficializado pelos cafeteros.

Contudo, uma informação vinda também da terra natal do técnico voltou a trazer dúvidas sobre a real convicção dos paraguaios em Osorio.

Segundo informou o jornalista Carlos Antonio Vélez, o contrato entre Osorio e o selecionado paraguaio ainda é apenas verbal e que, ao será firmado burocraticamente essa semana, teria duração somente até a Copa América e não até o Mundial do Catar em 2022.