SHARE
amistoso-tuca-ferretti-nao-perdoa-torcedor-corneteiro-solta-verbo-Futebol-Latino-04-07
Foto: Juan Mabromata/AFP

A temporada 2016 se aproxima do fim e o Futebol Latino relembra os principais técnicos que se destacaram em seus clubes. Veja agora uma pequena lista com os 5 melhores professores. Vale lembrar que trabalho em seleção não conta.

Leia Mais: Jornalista brasileiro revela informação bombástica sobre Tévez e Guerrero
Universidad Católica massacra Iquiqui e fica perto de título do Apertura


Reinaldo Rueda

Assumiu o Atlético Nacional na temporada passada com a missão de manter a equipe no topo do futebol colombiano. O comandante não só atingiu seu objetivo, como colocou o time verde e branco no topo da América com a conquista da Libertadores da América. Neste mês de dezembro, ele tenta mais um título internacional com o Mundial de Clubes.

Tuca Ferretti

Ele é turrão, polêmico, briga com imprensa e jogadores, mas ninguém questiona a capacidade de Tuca Ferretti. O brasileiro que comanda o Tigres, do México certamente está entre os melhor técnicos do continente e vai em busca do título da Liga MX nos dias 22 e 25 de dezembro contra o América.

Jorge Guillermo Almada

O uruguaio que comanda o Barcelona de Guayaquil entrou para a história do futebol equatoriano. Neste ano, o seu time sobrou no campeonato local e quebrou todos os recordes (vitórias, gols marcados e pontuação) que pertenciam ao Emelec, na conquista do seu 15º título nacional.

Mario Salas

O treinador da tradicional Universidad Católica do Chile é um dos principais destaques do ano. Até o começo desta temporada, o time de Santiago enfrentava um jejum de seis anos sem vencer o campeonato local, mas com um trabalho consistente e um time envolvente, a torcida pôde soltar o grito de campeão no Clausura e está a um empate de faturar o Apertura no próximo fim de semana.

Cuca

O treinador assumiu o Palmeiras no meio do furacão. A equipe jogava mal, estava em situação complicada no Paulistão e a beira da eliminação na Libertadores. O trabalho foi árduo, mas no fim de tudo certo. Após 22 anos de jejum, Cuca ajudou o Palmeiras a conquistar o Campeonato Brasileiro e eternizar seu nome na galeria de grandes técnicos do clube verde e branco.