paraguaios-empolgados-possivel-chegada-reinaldo-rueda-selecao-Futebol-Latino-28-07
Foto: Rodrigo Arangua/AFP

Campeão da Libertadores com o Atlético Nacional na temporada passada, Reinaldo Rueda se tornou o técnico da moda no continente sul-americano. Toda vez que algum clube cogita trocar o comando da equipe, o nome do colombiano surge entre os favoritos. Agora, o ex-comandante Verdolaga é especulado no Flamengo, que demitiu Zé Ricardo na noite do último domingo.

Leia Mais: Derrotas de Flamengo e Palmeiras enchem o bolso dos apostadores
Marinho acerta voleio de fora da área e quase marca golaço na China

Apesar de toda essa relevância e prestígio, quem é Reinado Rueda? Como ele surgiu? Será que além do Atlético Nacional, o treinador conseguiu ter algum outro êxito em sua carreira? Essas e outras questões serão respondidas pelo Futebol Latino, confira:

Primeiro Trabalho de relevância

Após ficar três anos no comando do pequeno Cortuluá, Reinaldo Rueda recebeu o convite para treinar o Deportivo Cali, em 1997. Durante duas temporadas, o treinador manteve uma das equipes mais tradicionais da Colômbia no topo e conquistou o título nacional em 1998.

Mesmo com o título, Rueda resolveu deixar o clube e de longe assistiu o Deportivo Cali chegar ao vice-campeonato continental em 1999, quando foi derrotado pelo Palmeiras de Felipão e Cia.

Seleção da Colômbia

Renomado pela mídia local e cercado de expectativa, Rueda assumiu o posto de treinador das categorias de base da seleção. Em 2003, colocou a Colômbia Sub-20 em terceiro lugar no Mundial. No mesmo ano, ele comandou a equipe Sub-17 e novamente parou no terceiro lugar na Copa do Mundo da categoria.

O sucesso foi tão grande que Reinaldo Rueda foi promovido a técnico da seleção principal. A Colômbia estava muito mal na tabela e com o talento do treinador encerrou o Qualificatório na sexta colocação.

Carreira no Exterior

Entre 2007 e 20014, o colombiano treinou duas seleções: Honduras e Equador. No selecionado hondurenho, o técnico colocou o país na Copa do Mundo da África e quebrou uma seca de 28 anos sem participar do torneio. Já com os equatorianos, Reinaldo Rueda colocou a equipe no Mundial do Brasil, mas foi eliminado na fase de grupos da competição.

Volta Triunfal na Colômbia

Na metade de 2015, Juan Carlos Osorio deixou o Atlético Nacional para comandar o São Paulo, no Brasil. A diretoria Verdolaga não pensou duas vezes e chamou Reinaldo Rueda para dar sequência ao trabalho e colocar a equipe no topo do futebol sul-americano.

Diante de um futebol envolvente, com velocidade, troca de passes e muita qualidade, o Atlético Nacional encantou a América em 2016 e ficou com o título da Libertadores de maneira incontestável.

Diferentemente dos outros campeões continentais, o Nacional não tirou o pé e chegou a decisão da Copa Sul-Americana e na reta final do campeonato local. Mesmo com toda a empolgação, o time sucumbiu no Mundial de Clubes e ficou com o terceiro lugar.

Nesta temporada, o treinador passou por uma cirurgia no quadril e teve o trabalho prejudicado dentro do Atlético Nacional. A equipe foi eliminada precocemente na Libertadores, mas ficou com o título nacional ao derrotar o Deportivo Cali na decisão.

Futuro

Após dois anos no comando da equipe de Medellín, Rueda deixou o posto e prometeu ficar até dezembro sem trabalhar para se reciclar e voltar com novas idéias. A prova disso é a sua viagem para a Alemanha, onde conheceu o CT do Bayern de Munique e conversou com Carlo Ancelotti.

A equipe do Futebol Latino conversou com algumas fontes na Colômbia e elas garantiram que apesar do oba-oba da torcida Rubro-Negra nas redes sociais, o comandante não tem a intenção de assumir um trabalho no meio da temporada e dificilmente irá comandar o time brasileiro neste ano.

Além do Flamengo, que apesar da pressão da torcida, garante não ter iniciado conversas com o treinador, o Deportivo Cali é um dos interessados em contar com seu trabalho a partir de janeiro.

Conforme publicado pelo Futebol Latino no último dia 25 de julho, caso ganhe a eleição no mês de outubro, a chapa formada por Luis Fernando Lenis já definiu que o treinador é o principal favorito a assumir o time.