conmebol-rebate-declaracao-de-messi-em-comunicado-inaceitavel-Futebol-Latino-06-07
Foto: Divulgação/Conmebol

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) parece ter ficado bastante incomodada com a declaração de Lionel Messi após a disputa do terceiro lugar na Copa América onde a Argentina bateu o Chile por 2 a 1 nesse sábado (6).

Leia mais: Ídolo do Chile dispara contra Vargas: “Não se importa com m.. nenhuma”
Em meio a expulsão de Messi, Argentina fica com o terceiro lugar da Copa América

Em comunicado emitido, a entidade manteve uma postura bastante incisiva e falou em “aceitar os resultados com lealdade em respeito” além de encarar as recente falas tanto de Messi como também de Luiz Suárez como “acusações infundadas que faltam com a verdade”.

A entidade organizadora do torneio seguiu com as considerações agudas indicando que posturas como a do argentino representam “falta de respeito a competição, a todos os futebolistas participantes e às centenas de profissionais da Conmebol.”

Veja abaixo o comunicado na íntegra:

“No futebol às vezes se ganha e às vezes se perde, e um pilar fundamental do fair play é aceitar os resultados com lealdade e respeito. O mesmo ocorre para as decisões arbitrais, que sempre são humanas e perfectíveis.

É inaceitável que em função de incidentes próprios da competição, que contou com 12 seleções em igualdade de condições, se lancem acusações infundadas que faltam com a verdade e põem em discussão a integridade da Copa América.

Tais acusações representam uma falta de respeito a competição, a todos os futebolistas participantes e às centenas de profissionais da Conmebol, instituição que desde 2016 vem trabalhando incansavelmente pela transparência, profissionalização e desenvolvimento do futebol sul-americano.”