COMPARTILHE
Foto: Divulgação Flamengo

Em reunião na sede da Conmebol nesta quinta-feira, o presidente da entidade, Alejandro Domínguez voltou a cogitar a disputa da Libertadores em apenas uma partida. A informação já havia sido veiculada pelo Blog De Prima, do portal Lance no último dia 23 de maio (Leia mais aqui).

Leia Mais: “Somos a melhor equipe da Colômbia”, afirma capitão do Atlético NacionalMaior campeão da Tailândia terá estreia de brasileiro na próxima partida

Não é de hoje que Alejandro Domínguez quer a final do principal torneio de clubes em duelo único. No ano passado, quando as mudanças na Libertadores estavam em pauta, o dirigente quis que a sua idéia fosse colocada em prática nesta temporada, mas não conseguiu convencer o Conselho da Conmebol.

Agora, sete meses depois das mudanças no calendário da competição, o executivo voltou a tocar no tema e parece que ganhou novos apoiadores. A decisão sobre a mudança será tomada em dezembro, quando o conselho da entidade e a Comissão de Clubes irão se reunir.

O Conselho da Conmebol é composto pelos presidentes das dez associações nacionais que formam a competição. A recém criada Comissão de Clubes conta com os participantes da Libertadores do ano vigente.

  • Gostei. Jogo único em campo neutro, gramado excelente e estádio novo, vence o melhor time, sem catimba e sem roubo para time da casa. Argentinos é que não vão gostar, sempre ganharam só com raça e catimba, nunca com bons times. Pouquíssimos estádios poderão ser usados para isso, a maioria será no Brasil, pelos estádios novos que temos.